asdasdasdasd

Oscar muda regras e deixará de premiar séries documentais

por Milena Pacheco 11 de Abril de 2017 às 15:39
categoria: Cinema

A Academia de Artes e Ciências Cinematográficas, que entrega o prêmio do Oscar, determinou novas regras para a categoria de documentário, em vigor a partir da edição do ano que vem.

Segundo as novas diretrizes, séries documentais não poderão mais concorrer ao prêmio, o que teria inviabilizado a candidatura de uma obra como "O.J.: Made in America", vencedora do prêmio em fevereiro deste ano.

"O.J", dirigida por Ezra Edelman e produzida pelo canal ESPN, reconta a trajetória do ex-ator e atleta O.J. Simpson, condenado sob a acusação de ter matado a própria mulher.

A obra é uma série, mas concorreu ao Oscar porque foi exibida nos cinemas, ainda que em circuito limitado - cada uma de suas partes estreou como um filme independente nas salas.

OUTRAS REGRAS

Para a 90ª edição do Oscar, a Academia também estipulou regras que abarcam outras categorias. Por exemplo, a partir do ano que vem todos os membros da Academia poderão votar na melhor animação em longa-metragem; antes, a categoria era decidida por uma fração especializada desse todo.

Também houve mudança na forma como a Academia irá creditar vencedores em categorias como melhor filme e melhor trilha sonora: em ambos os casos, aceitarão que profissionais (produtores e compositores, respectivamente) se candidatem como um "time criativo". Com informações da Folhapress. (Com informações msn.com/foto: © Reuters / Lucy Nicholson)


Documentário com imagens pessoais do ator Heath Ledger ganha 1º trailer

por Milena Pacheco 5 de Abril de 2017 às 16:00
categoria: Cinema

Há quase 10 anos, a indústria do cinema perdia Heath Ledger, um dos mais promissores atores de sua geração. Nesta terça-feira (4), data em que o ator faria 38 anos, o primeiro trailer do documentário "I Am Heath Ledger" foi divulgado, mostrando um pouco sobre a vida pessoal do astro fora das telas.

Entre depoimentos de pessoas próximas a Ledger, o diretor Derik Murray recuperou vídeos caseiros filmados pelo próprio ator. "Ele sempre foi um diretor. Atuar foi a maneira de chegar lá", diz Trevor DiCarlo, amigo da infância.

Naomi Watts, Ang Lee, Bel Mendelsohn e Ben Harper são alguns que dividiram suas experiências com Ledger, conhecido pelos papéis marcantes nos filmes "10 Coisa que Odeio em Você", "Brokeback Mountain" e "Batman: O Cavaleiro das Trevas".

O documentário vai estrear no Festival de Tribeca no dia 23 de abril antes de chegar aos cinemas. Ainda não há previsão de lançamento no Brasil.

Ledger morreu em janeiro de 2008 após misturar remédios controlados. O documentário "Heath Ledger: Liebling der Götter", de 2012, já mostrou um pouco de como o ator era fora das telas, no caso, durante a preparação para o papel do vilão Coringa.

"Ele se trancou em seu apartamento por um mês para dar vida ao personagem em sua cabeça. Isso era típico dele em cada filme", contou o pai, Kim Ledger. "Ele ficava imerso no próximo personagem. Acho que isso era outro nível". (Com informações cinema.uol/Imagem: Divulgação)


Ivete anuncia que estará nos cinemas dublando Smurf Magnólia; filme estreia em abril

por Milena Pacheco 22 de Março de 2017 às 09:15
categoria: Cinema

A cantora Ivete Sangalo usou seu Instagram nesta terça-feira (21) para contar a seus seguidores que participou da dublagem do novo filme dos Smurfs. “Bom dia cheio de fofura! Dá pra aguentar essa lindeza de Smurfete? ‘Ô maluquete de quem vc é smurfete, eu sou, sou smurfete da Ivete’", brincou a cantora, que no longa dá voz à Magnólia. “Os Smurfs e a Vila Perdida” estreia no Brasil no dia seis de abril. (Com informações Ibahia/Foto: Divulgação)

 


“A Bela e a Fera” é o maior lançamento da história do mês de março

por Milena Pacheco 20 de Março de 2017 às 09:03
categoria: Cinema

Apesar de não apresentar tantas diferenças da animação clássica, o filme A Bela e a Fera já é um sucesso! Em seu primeiro final de semana, o live-action arrecadou US$ 170 milhões, quebrando um novo recorde. Agora, o filme é o maior lançamento da história do mês de março. 

Com isso, a Disney supera grandes estúdios cinematográficos. E ela não para por aí. Novas versões de Dumbo e Mulan já estão sendo produzidas.

A Bela e a Fera, baseado no filme de 1991, conta a história de Bela (Emma Watson) que tenta salvar seu pai das garras de uma Fera ( Dan Stevens). Os dois acabam de apaixonando e ela quebra a maldição que transformou os habitantes do castelo da Fera em mobílias. (Com informações Social1/Foto: Reprodução)


Ariano Suassuna será homenageado em filme

por Milena Pacheco 17 de Março de 2017 às 17:07
categoria: Cinema

Segundo informações de Patrícia Kogut, do O Globo, José Eduardo Belmonte vai dirigir um filme e uma série em homenagem a Ariano Suassuna. Intitulado Riso de Ariano, o projeto é baseado nas aulas=espetáculo do escritor e poderá ir ao ar na Globo ou em algum dos canais da Globosat. Tatiana Maciel ficará com o roteiro, que terá supervisão de João Falcão. Mais informações sobre o filme serão divulgadas em breve. (Com informações Social1/Foto: Reprodução)


Ator pernambucano Irandhir Santos será tema de filme

por Milena Pacheco 13 de Março de 2017 às 16:02
categoria: Cinema

Longa aborda processo criativo do ator de Amores Roubados, Febre do Rato e Tatuagem

Nome por trás de filmes como Budapeste e Central do Brasil, o cineasta Walter Carvalho acaba de finalizar as gravações de um longa sobre o processo de criação do ator pernambucano Irandhir Santos. O trabalho, que segue para a pós-produção, tem como título Iran e aborda a construção dos personagens vivenciados pelo ator de obras como Aquarius, A história da eternidade, Tatuagem, Febre do rato e da novela Velho Chico.

Segundo o diretor, o filme não se trata de uma cinebiografia mas de um retrato da maneira de trabalhar os sentidos utilizadas por Irandhir em cena e fala das agonias enfrentadas pelo ator. A proposta do longa, conta, surgiu durante as gravações de Redemoinho, obra de José Luiz Villarim, estrelado pelo pernambucano que teve direção de fotografia de Carvalho.

Apesar de não comentar muito sobre o projeto, Walter Carvalho já revelou utilizar uma coletânea de registros realizados durante as gravações de outros longas com participação de "Iran". (Com informações diariodepernambuco/Viver/Foto: Leonardo Lacca/Divulgação)


No ar em Carinha de Anjo, Camilla Camargo também fará par romântico com Caio Castro em longa

por Milena Pacheco 15 de Fevereiro de 2017 às 17:47
categoria: Cinema

Filha do cantor Zezé Di Camargo, Camilla Camargo interpreta a doce Diana em Carinha de Anjo, uma adaptação da novela mexicana que passa nas telinhas do SBT. Em entrevista ao jornal Extra, a atriz de 31 anos de idade contou que sua personagem faz muito sucesso entre os pequenos, o que a torna alvo de assédio pela criançada. Mas ela adora o reconhecimento do seu trabalho e tem um carinho enorme por seus fãs:

- Acho muito fofo o carinho que recebo! Outro dia mesmo me deparei com um monte de crianças me chamando de Diana. Estamos todos superfelizes com a repercussão e tamanho da audiência.

Camilla contou que nos bastidores da novela ela também é muito querida:

- As crianças pequenas me chamam de mãe, acho que me escolheram devido ao carinho e cuidado que tenho com elas. Já das maiores sou parceira e brinco, damos risada, já ajudei até a fazer a tarefa da escola.

No entanto, no filme Travessia, que estreia no dia 23 de março, Camilla viverá uma personagem muito diferente da atual Diana. No longa, a atriz fará par romântico com Caio Castro e fará cenas de nudez e drogas. Nascida em Goiânia, ela revelou que fazer o sotaque soteropolitano da personagem parecer natural foi a parte mais difícil de encenar Travessia.

- Esse trabalho foi um dos mais distantes da minha realidade com certeza, não só pela questão das drogas - que sempre mantive distância -, mas também por ela ser uma menina da rave, superfesteira e eu - por mais que já tenha ido a muitas festas - sempre fui mais caseira, concluiu. (Com informações msn.com/© Divulgação)


Cauã Reymond e Matheus Nachtergaele terão caso em “Piedade”

por Milena Pacheco 8 de Fevereiro de 2017 às 09:03
categoria: Cinema

O personagem de Cauã Reymond no filme Piedade, que o diretor Claudio Assis grava no Litoral Sul pernambucano, vai se envolver com o personagem de Matheus Nachtergaele. Cauã interpreta Sandro, dono de um cinema pornô, e Nachtergaele, Aurélio, executivo de uma empresa petroleira, encarregado de expulsar os moradores da fictícia Piedade.

Em entrevista ao Jornal do Commercio, Nachtergaele contou que seu personagem é aburguesado, “mas o que acontece no quarto de Aurélio é babado!”, diz ele, como quem faz uma revelação. A informação sugere cenas quentes dele com Cauã Reymond.

Matheus Nachtergaele e Cauã Reymond em momento carinhoso durante o ensaio para o filme - Foto: reprodução do Instagram @cauareymond

Em entrevista à Folha de São Paulo, Claudio Assis nem desmentiu nem confirmou se haverá cena de sexo entre os personagens. Disse que “cinema é arte do corpo”. “Não sei de nada disso. É o filme que vai pedindo aos poucos”, respondeu o cineasta.

Este não será o primeiro personagem gay de Cauã Reymond, o maior galã da Globo de agora. Em 2011, ele chegou aos cinemas interpretando o DJ homossexual Murilo, no filme Estamos Juntos; já no ano passado, viveu uma travesti no clipe de Your Armies, de Barbara Ohana. Também não será o primeiro gay da carreira de Matheus Nachtergaele, que estreou na TV como Cintura Fina, em Hilda Furacão.

O filme – Em Piedade, Sandro é filho de Carminha (Fernanda Montenegro), que foi roubado quando criança, e pai do personagem de Gabriel Leone. No longa ainda atuam Irandhir Santos, Mariana Ruggiero e Francisco de Assis. É o primeiro trabalho de Fernanda, Cauã e Mariana com o diretor Claudio Assis. (Com informações Social1/Foto: reprodução do Instagram @cauareymond)


OMG! Trailer final de “A Bela e a Fera” é divulgado e tá apenas maravilhoso

por Milena Pacheco 31 de Janeiro de 2017 às 16:52
categoria: Cinema

OMG! A semana que começa com trailer novo de “A Bela e a Fera” tem tudo pra ser maravilhosa, né? Pois bem, na madrugada desta terça (31) foi divulgado o trailer final do novo live-action da Disney e a gente não aguenta mais segurar essa ansiedade.

Na nova prévia, vemos novas imagens de Emma Watson na pele da princesa Bela e Dan Stevens como a Fera, além de cenas inéditas com direito a muita ação! No final do trailer ainda ouvimos uma prévia da música “Beauty And The Beast” nas vozes de Ariana Grande e John Legend. Olha que maravilha: 

O filme ainda tem no elenco Kevin Kline (Maurice), Josh Gad (Le Fou) e Luke Evans (Gastão), além das vozes de Ian McKellen, Emma Thompson, Ewan McGregor e Gugu Mbatha-Raw que dublam os objetos falantes do castelo, Cogsworth, Sra. Potts, Lumière e Plumette.

“A Bela e a Fera” estreia dia 16 de março no cinemas brasileiros. (Com informações hugogloss.com)