asdasdasdasd

Paulo Câmara presta contas dizendo que fez muito em 2 anos de gestão

por Simone Marques 24 de Março de 2017 às 13:00
categoria: Política

O início do Pernambuco em Ação, nesta quinta-feira (23), em Afogados da Ingazeira, no Sertão, não poderia ter sido melhor para o governador Paulo Câmara (PSB). Ao contrário de episódios ocorridos durante Todos por Pernambuco, seminário realizado em 2015 e que serviu de modelo para o projeto de "prestação de contas", o socialista não sofreu nenhum tipo de saia justa por conta de manifestantes. Aclamado por secretários, prefeitos e deputados estaduais e federais, Paulo não foi cobrado nem quando abriu o microfone para que moradores da cidade e municípios vizinhos fizessem comentários sobre a gestão. As intervenções foram para elogiar o governo estadual e o anfitrião do evento, o prefeito José Patriota (PSB).

A programação idealizada pelo governo foi seguida à risca, sempre na medida para a imagem do governador. Entre os diversos afagos de aliados, ele assinou ordens de serviço, inaugurou obras executadas com dinheiro da gestão estadual e fez um balanço positivo da sua administração. Em um discurso de 20 minutos para uma plateia arregimentada pela prefeitura, incluindo estudantes com fardas de escolas estaduais, Paulo voltou a repetir o discurso de que não fez mais pelo Estado devido à crise política e econômica do Brasil.

"Tivemos a oportunidade de aproveitar, durante o governo Eduardo Campos, o momento positivo que o Brasil viveu, de atração de investimentos. Agora, temos que consolidar tudo o que veio, avançar e se adaptar aos novos tempos. Sabemos que esses dois anos foram muito difíceis, mas não deixamos de buscar alternativas. Muito ainda tem que ser feito, mas também fizemos muito. Pernambuco está de pé", afirmou, pouco depois das 17h, para uma plateia numerosa, mas com menos pessoas em relação ao início do evento, no começo da tarde.

Antes dos discursos começarem, um vídeo com as ações do governo estadual em Afogados da Ingazeira e outras cidades do Sertão do Pajeú foi exibido. Para não ficar apenas na "prestação de contas", o governador assinou ordens de serviço para construção de quadras, obras hídricas e rodoviárias e projetos na área de saúde. A viagem ainda incluiu uma visita a outros municípios sertanejos como Serra Talhada e Flores. No primeiro, ele anunciou a construção do Hospital Geral do Sertão. Já no outro inaugurou um trecho rodoviário.

Embora o governo faça um esforço para afastar o caráter eleitoral do Pernambuco em Ação, alguns discursos proferidos ontem em Afogados da Ingazeira foram dignos de palanques. "Esse é o primeiro mandato de Paulo Câmara e vamos reconduzi-lo para que Pernambuco continue a crescer", declarou o deputado Ricardo Costa (PMDB), em meio a elogios ao governador e a Eduardo Campos.

O prefeito José Patriota afagou o governador e os deputados federais e estaduais presentes em Afogados da Ingazeira. "Essa turma toda que anda com Paulo Câmara é uma turma de guerra, uma turma de luta. A guerra do bem, da paz, do desenvolvimento, que não baixa a cabeça, não desanima na hora das dificuldades. Esse é um esforço (a inauguração de uma escola) das forças que governam Pernambuco, transformando problemas em soluções", afirmou.

O governador não falou diretamente sobre reeleição, mas deixou o recado para a oposição. "Apesar de tudo, nunca tive tão animado, tão propositivo a trabalhar por esse estado. Quero trabalhar junto com vocês porque é com vocês que a gente vai mostrar que esse Estado está na vanguarda brasileira", ressaltou Paulo. Ele ainda disse que gostaria de viajar mais pelo Estado.

Nesta sexta-feira, Paulo Câmara e sua comitiva estarão em Petrolândia. No sábado, a cidade visitada será Arcoverde. (Com informações do JConline)

 

 


Prefeito de Parnamirim diz que prioridade da gestão é superar a crise econômica

por Redação Nossa Voz 24 de Março de 2017 às 10:45
categoria: Política

O prefeito de Parnamirim, Tácio pontes, do PSB, bateu um papo com a redação do Nossa Voz e falou sobre as dificuldades e investimentos para a cidade. Segundo o gestor, a crise econômica foi um dos pontos a serem driblados no início da administração municipal. Para isso, foi preciso reduzir alguns custos e garantir os serviços básicos. Quanto ao salário dos servidores, a administração está tentando regularizar junto ao Ministério Público.

Na educação, ele disse que pagou o piso retroativo dos professores, fez reformas nas escolas e garantiu a matrícula de mais de 300 alunos. Na saúde, ele diz que tem mantido unidades mistas para atender às necessidades da população e está buscando emendas para a área, como a chegada de um centro de oncologia.

Sobre o aquecimento da economia nesse período de crise, Tácio Pontes disse que a intenção é equilibrar as finanças e para isso está mantendo algumas ações para a contenção de custos. O jovem gestor tem quatro anos pela frente e garante que superar a crise e equilibrar a economia é uma das prioridades da administração.

A entrevista completa você acompanha no programa Nossa Voz de segunda-feira, dia 27, às 7h da manhã.


Fernando Bezerra defende aprofundamento do debate sobre Reforma Previdenciária

por Redação Nossa Voz 24 de Março de 2017 às 09:29
categoria: Política

O senador da república, Fernando Bezerra Coelho (PSB-PE), é a favor da reforma previdenciária. Contudo, ele defende que é necessário um diálogo sobre a modificação no Congresso Nacional para que sejam mantidos os direitos assegurados pela Constituição. Segundo ele, três pontos merecem destaque: a aposentadoria rural, as regras de transição e os Benefícios de Prestação Continuada, sendo que existe uma proposta alternativa à do governo federal. “Ela tem que ser aprovada e tem que ser discutida”, disse em entrevista à redação do Nossa Voz.

De acordo com o senador, o Partido Socialista Brasileiro defenderá ajustes tanto em relação à idade mínima para mulheres e homens trabalhadores rurais como também sobre a contribuição. “A reforma que será aprovada não é a reforma que chegou ao Congresso. As regras estão muito duras para os portadores de deficiências especiais. Esses três pontos sendo aprimorados e corrigidos vai se criar uma maioria qualificada que é a maioria de aprovação de Emenda Constitucional que são os 305 votos”, garantiu.

 

 

 


Senador Fernando Bezerra acredita que juros dos fundos constitucionais podem baixar nesta semana

por Redação Nossa Voz 24 de Março de 2017 às 08:41
categoria: Política



O senador Fernando Bezerra Coelho (PSB-PE) solicitou, na última quinta-feira (23), que o presidente da Casa, Eunício Oliveira (PMDB-CE), interceda junto ao ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, para que a redução dos juros dos fundos constitucionais de financiamento do Nordeste (FNE), do Norte (FNO) e do Centro-Oeste (FCO) seja confirmada pelo governo. Hoje, representantes do Conselho Monetário Nacional (CMN) reúnem-se com técnicos do Ministério da Integração para analisar a diminuição das taxas dos fundos, aproximando-as dos atuais índices de inflação. Líder do PSB no Senado, Fernando Bezerra acredita que os juros poderão ser reduzidos em, no mínimo, dois pontos percentuais.

 

“Os juros destes fundos são exorbitantes”, destacou. “O Banco do Nordeste (BNB), por exemplo, conta com mais de R$ 22 bilhões para aplicação e, simplesmente, a iniciativa privada não tem demandado recursos porque os juros estão muito excessivos”, emendou o socialista, durante sessão no Plenário do Senado. Conforme lembrou Bezerra Coelho, as taxas médias do BNB são superiores a 9% - cinco pontos percentuais acima da projeção de inflação para este ano, que deve ser confirmada abaixo de 4%. “Então, é importante que haja uma sensibilidade por parte do governo federal para que, ainda nesta semana, após esta reunião, se possa ter um novo indicativo de juros para os financiamentos dos fundos constitucionais, o que produzirá resultados efetivos aguardados por todo o setor privado do Norte, Nordeste e Centro-Oeste”, afirmou Fernando Bezerra.

 

O apelo do senador a Eunício Oliveira reforça os pedidos já feitos pelo líder ao presidente Michel Temer e a outras autoridades da área econômica do governo federal; inclusive, a Henrique Meirelles. No último dia 16 de fevereiro, em audiência solicitado por Fernando Bezerra, o parlamentar solicitou ao ministro a urgente redução das taxas de juros dos fundos. “Estamos buscando soluções que possam minimizar as dificuldades por que passa o setor produtivo”, explica o senador. “Precisamos de alternativas para animar os empresários, os pequenos produtores, os comerciantes, aqueles que podem assumir o risco e pegar emprestado o dinheiro do banco para poderem gerar emprego e renda e iniciar a recuperação da economia”, completa.

 

Em resposta a Fernando Bezerra Coelho, o senador Eunício Oliveira disse acreditar “na sensibilidade do governo” e ressaltou: “Parabenizo vossa excelência, senador Fernando Bezerra, pela luta e por empunhar uma bandeira que não é sua, que não é minha, mas é do interesse do Brasil, especialmente do nosso querido Ceará, de Pernambuco, do nordeste brasileiro”.


Prefeito de Juazeiro faz diversas solicitações no Ministério da Integração

por Redação Nossa Voz 24 de Março de 2017 às 08:37
categoria: Política

O prefeito Paulo Bomfim esteve em audiência no Ministério da Integração com o secretário de Infraestrutura Hídrica, Antônio Pádua, para tratar de demandas dos produtores dos perímetros irrigados, bem como dos trabalhadores da agricultura familiar.  O deputado federal Daniel Almeida e o Assessor de Planejamento e Parcerias Estratégicas, Isaac Carvalho, acompanharam o prefeito na reunião. 

Na pauta com o representante do Ministério da Integração estava a pavimentação da a estrada que vai da Estação de Bombeamento 100 (EB100) até o povoado de Capim de Raiz, na região do salitre;  transferência das áreas urbanas dos perímetros para o município; inclusão na Portaria 056 de 13/03/2017 dos produtores que não possuem escritura, mas têm autorização de ocupação dos lotes, para que os mesmos recebam os benefícios da Lei de Renegociação das dívidas dos produtores;  modernização dos sistemas de irrigação dos perímetros irrigados Projeto Curaçá, Tourão e Maniçoba, além da ampliação dos sistemas de abastecimento no interior, que vai auxiliar ainda mais na criação de animais. O secretário Antônio Pádua expôs os projetos para esta área e assegurou que vai levar a demanda ao Ministro e à presidência da Codevasf.

O assessor de Planejamento e Parcerias Estratégicas garantiu ao prefeito que vai se empenhar para que este pleito seja logo apreciado e a população seja beneficiada. “O projeto Salitre é um importante vetor de economia da nossa cidade e região. O prefeito Paulo Bomfim me deu esta demanda e irei cumprir para que a população seja beneficiada o mais rápido possível”, declara Isaac Carvalho. 

Durante a reunião, Paulo Bomfim agradeceu ao secretário pela atenção e pediu para que as solicitações sejam apreciadas e tão logo produtores e população sejam beneficiadas. “A estrada é uma necessidade para qualificar ainda mais a produção do Salitre. Também temos a demanda dos produtores dos demais perímetros. Temos o maior rebanho de caprinos e ovinos, e os criadores precisam dessa água. Então, acredito que os nossos pedidos serão atendidos”, finaliza o prefeito. 

Rio São Francisco 

Outro ponto tratado no encontro foram os projetos para o Rio São Francisco. O prefeito Paulo demonstrou preocupação com o estado da principal fonte de água do Nordeste e cobrou projetos para a revitalização do Velho Chico. “Estou disposto a colaborar”, coloca o prefeito. 


Paulo Câmara abre o Pernambuco em Ação com investimentos na infraestrutura de todo o Sertão do Pajeú

por Redação Nossa Voz 24 de Março de 2017 às 08:34
categoria: Política

O governador Paulo Câmara abriu, nesta quinta-feira (23.03), a primeira rodada do Pernambuco em Ação com uma série de anúncios e entregas no Sertão do Pajeú. Ao todo, serão investidos R$ 12,7 milhões nas áreas de Saúde, Educação, Agricultura, Infraestrutura e Recursos Hídricos. O Seminário visa dialogar com a população para repactuar as metas das macrorregiões. Esse primeiro encontro contemplará, ainda, os municípios de Petrolândia, no Sertão de Itaparica, e Arcoverde, no Sertão do Moxotó.

“Tive a satisfação de vir ao Sertão do Pajeú entregar obras, dialogar com a população e divulgar o que o Governo de Pernambuco vem realizando. O conjunto de ações aqui foi mostrado: no âmbito da água, da infraestrutura, da saúde e da educação”, afirmou Paulo Câmara, ressaltando que essas ações acontecerão em todas as regiões do Estado. “Encerro o Pernambuco em Ação no Pajeú sabendo que ainda há muito a ser feito, mas com a certeza de que as ações que já fizemos mostram um caminho correto em favor do Estado. Pernambuco está de pé e sabe aonde quer chegar”, concluiu.

FEM - A liberação de R$ 1.156.152,00 pelo Fundo Estadual de Apoio ao Desenvolvimento Municipal (FEM) para a execução de obras e ações em municípios da Região foi bastante festejada pelo público que lotou o Centro de Convenções do Hotel Brotas, onde aconteceu o seminário. Ao todo, sete municípios do Pajeú serão beneficiados com os recursos. São eles Tabira, Santa Cruz da Baixa Verde, Flores, Carnaíba, Serra Talhada, Tuparetama e São José do Egito.

Terão os recursos do FEM: a reforma e ampliação da praça central do Distrito de Jatiúca (Santa Cruz da Baixa Verde); a construção de pátio de eventos (Flores); a pavimentação com paralelepípedos graníticos (Tabira); a perfuração de poços e construção de pavimentação em paralelepípedos (Carnaíba); a reforma das praças e canteiros (Serra Talhada); ampliação e reforma do hospital (Tuperatama); e a perfuração e instalação de poços tubulares em rochas cristalinas (São José do Egito).

Durante o evento, o secretário de Planejamento e Gestão (Seplag), Márcio Stefanni, apresentou um balanço dos dois anos da gestão de Paulo Câmara, sobre obras realizadas, em andamento e previstas na região do Pajeú. A apresentação deu a real dimensão da presença do governo do Estado na região em áreas estratégicas como recursos hídricos, desenvolvimento rural, infraestrutura, transporte, saúde, educação entre outros.

Agricultor familiar e apicultor, José Laurindo da Cruz, de 68 anos, mora no município de Carnaíba e esteve na primeira rodada do Pernambuco em Ação. Ele avaliou como positiva a ida do governador Paulo Câmara à Região. “É muito importante porque a gente pode conhecer mais do trabalho realizado pelo governador e sempre que ele vem ao Pajeú ele anuncia algo bom para a gente”, afirmou o trabalhador rural. “Nossa vida tem melhorado bastante com as ações do Governo. Agora, por exemplo, temos água encanada na porta de casa”, afirmou.

Estiveram presentes secretários de Estado; os deputados estaduais Isaltino Nascimento (líder do Governo), Rogério Leão, Waldemar Borges, Laura Gomes, Lucas Ramos, Ricardo Costa, Diogo Moraes e Rodrigo Novaes; e os deputados federais Kaio Maniçoba, João Fernando Coutinho, Fernando Monteiro e Gonzaga Patriota.

Fotos: Aluísio Moreira/SEI


Deputado Gonzaga Patriota emite nota e explica ausência na votação de projeto da terceirização

por Simone Marques 23 de Março de 2017 às 13:00
categoria: Política

Uma nota enviada pela assessoria do  deputado Gonzaga Patriota (PSB-PE), explicando o motivo de sua ausência para a votação do projeto da terceirização que foi aprovado na terça-feira (22), na Câmara dos Deputados.

O deputado Gonzaga Patriota (PSB), viajou por volta das 19h desta quarta-feira (23) para Pernambuco, no intuito de acompanhar a comitiva do governador Paulo Câmara (PSB-PE), em agenda pelos municípios de Serra Talhada e Afogados da Ingazeira. Nesta cidade, acontece hoje (23) o seminário Pernambuco em Ação, promovido para ouvir a população sobre as prioridades da gestão estadual. Por este motivo, o parlamentar se ausentou das votações do Projeto de Lei 4302/98, que permite o uso da terceirização em todas as áreas (atividade-fim e atividade-meio) das empresas. 


Parlamentares divergem sobre finalidade de Projeto colocado em pauta de última hora

por Redação Nossa Voz 23 de Março de 2017 às 11:30
categoria: Política

O vereador e Líder de Governo, Ruy Wanderley, fez um requerimento para que o projeto 010/2017 - de autoria do Poder Executivo - entrasse em pauta, em carater de urgência urgentissíma, na manhã desta quinta-feira, para que fosse votada a "regularização de edificações em desconformidade com a Lei Municipal nº 1.875/2006, com a Lei Municipal nº 008/1983 e com a Lei Municipal nº 009/1983, que versam sobre o Plano Diretor Participativo, o parcelamento do solo urbano, e o código de obras de Petrolina.

Os vereadores de oposição contestaram pois, segundo eles, não deu tempo ler e compreender o projeto para que ele fosse colocado em pauta na manhã de hoje. A vereadora Cristina Costa (PT) disse que se tratou de uma articulação do poder executivo com os vereadores de situação.

A redação do Nossa Voz questionou o vereador Aero Cruz sobre o que reza o projeto. Ele explicou que realmente o projeto foi entregue ontem e o requerimento de carater de urgência urgentíssima se deu após diálogo com os construtores da região que precisam da liberação de crédito junto a Caixa Econômica Federal e que não existem alterações no Plano Diretor, apenas a regularização para a liberação de crédito.

O vereador Gilmar não concordou com o colega de bancada, alegando ignorância do mesmo. Ele disse que também não teve tempo de ler o projeto, tendo em vista que trata-se de um assunto muito técnico e que era preciso o auxilio de profissionais da área para entender a proposta. No final de tudo isso, nenhum vereador entrevistado soube responder - com propriedade - o que dispõe o projeto 10/2017. Mesmo assim, o requerimento de Ruy Wanderey foi aprovado pela maioria dos parlamentares e o projeto do executivo foi colocado em pauta na sessão.


Sem anúncio prévio, projeto de mudanças no Plano Diretor é colocado em pauta

por Redação Nossa Voz 23 de Março de 2017 às 10:06
categoria: Política

Não havia previsão de votação de projetos para a 13ª sessão ordinária na Câmara de Vereadores de Petrolina, na manhã desta quinta-feira, dia 23. Entretanto, o vereador e líder de Governo, Ruy Wanderley, fez um requerimento para que o projeto 010/2017 - que trata de alterações no Plano Diretor fosse colocado em pauta durante a reunião.

"Nós requeremos porque era para ter sido colocado em pauta ontem e estou colocando o requerimento para que ele seja colocada em pauta hoje", explicou o vereador. A colicitação não agradou o colega da bancada Gilmar Santos, que logo tratou de alfinetar o líder de governo, dizendo que não concordava em votação às escuras. "Em que momento tivemos um debate sobre essa Lei?", questionou.

O vereador ainda acrescentou que permitir a votação do projeto é atropelar os direitos democráticos. "Não foi debatido antes e os vereadores não estão conscientes", alegou. O vereador Ronaldo Silva não gostou do pronunciamento de Gilmar e logo retrucou: "As partes interessadas já foram ouvidas. Não temos culpa se ele não participou da reunião", afirmou. 

O requerimento foi aprovado pelos parlamentares.

O encontro de hoje teve a participação do Grupo do Teatro Popular de Artes de Petrolina – TPA – conforme ofício nº 015/2017, de autoria do Senhor Vereador Gilmar dos Santos Pereira, para falar sobre a comemoração do Dia Mundial do Teatro e a importância do teatro para o desenvolvimento cultural, social e intelectual da região do Vale do São Francisco. A pauta foi autorizada pelo Presidente da Casa, Osório Siqueira.


Veja como votou a bancada pernambucana no projeto da terceirização

por Simone Marques 23 de Março de 2017 às 09:34
categoria: Política

Doze dos 25 deputados federais da bancada pernambucana na Câmara Federal votaram favoravelmente ao o projeto de lei 4302/98, que permite às empresas a terceirização de todas suas atividades. No total, 231 parlamentares votaram a favor e outros 188 foram contra a proposta.

Dos que foram contrários, oito deles foram pernambucanos. Outros cinco parlamentares não votaram. O PSDB e PSB votaram divididos, enquanto os deputados do Partido Trabalhista Brasileiro (PTB) e do PP votaram favoravelmente à proposta.

A modificação na lei, uma das prioridades do governo Michel Temer (PMDB), foi confirmada com a aprovação do relatório do deputado Laercio Oliveira (SD-SE), que apresentou parecer favorável ao projeto.

Veja como votaram os pernambucanos:

Votaram pelo SIM

André de Paula    (PSD)

Augusto Coutinho (SD)

Carlos Eduardo Cadoca (PDT)

Eduardo da Fonte (PP)

Fernando Monteiro (PP)

Guilherme Coelho (PSDB)

Jarbas Vasconcelos (PMDB)

Jorge Côrte Real (PTB)

Marinaldo Rosendo (PSB)

Pastor Eurico (PHS)

Ricardo Teobaldo (PTN)

Zeca Cavalcanti (PTB)

Votaram pelo NÃO

Betinho Gomes (PSDB)

Creuza Pereira (PSB)

Daniel Coelho (PSDB)

Danilo Cabral (PSB)

Luciana Santos (PCdoB)

Severino Ninho (PSB)

Silvio Costa (PTdoB)

Wolney Queiroz (PDT)

Não votaram

Adalberto Cavalcanti (PTB)

Gonzaga Patriota (PSB)

Kaio Maniçoba (PMDB)

João Fernando Coutinho (PSB)

Tadeu Alencar (PSB)