| Última edição: 13/05/21 - 10:16

Home Entretenimento Avril Lavigne inicia nova era e confirma primeiras músicas de álbum

Avril Lavigne inicia nova era e confirma primeiras músicas de álbum

Compartilhe:

Cantora confirma retornar às origens do pop/punk com “Cannoball” e “Love Sux”

A nova era está vindo com tudo! Avril Lavigne vem aguçando a curiosidade dos fãs com diversos spoliers nas redes sociais sobre seu próximo trabalho. Nesta quarta-feira (12/05), a cantora revelou mais um trecho e título de uma música da tracklist do álbum que, segundo ela, chega no verão do hemisfério norte. Após anunciar a faixa “Cannoball”, chegou a vez de “Love Sux”.

Avril Lavigne. Foto: Instagram

Com fotos de divulgação, a canadense compartilhou trechos das letras que, supostamente, estarão nas faixas. Vale lembrar que essas informações corroboram, até agora, a lista de músicas que já haviam chegado ao fãs através de uma postagem descuidado de um dos produtores do AL7.

Cansada de ser cautelosa, você me dá náuseas“, diz a letra de “Love Sux”, enquanto “Cannoball” avisa sobre a nova fase rock da cantora: “Toma o teu melhor tiro, me dá tudo o que tem, porque eu vou ficar quente como uma bola de canhão”.

Avril Lavigne. Foto: Instagram

O que se sabe até agora é que a cantora está produzindo as canções da nova era, que revisa seu passado no pop/rock, estilo que a projetou em 2002, com o lançamento de “Complicated”, “Sk8er Boi” e tantos outros hits, com nomes como Mashmello, MGK, Diplo ( Major Lazer) e YoungBlood, além de seu namorado, o cantor MOD SUN, com que já colaborou em “Flames”.

Foto: Reprodução

E as novidades seguem

Avril Lavigne estará, de fato, no novo álbum de Willow Smith. As duas vão dividir vocais na faixa “Grow”,que marca a nova era da artista norte-americana no pop/punk – estilo que começa a ganhar novo fôlego na indústria musical. Apesar de ainda não haver data de lançamento pra o disco e o single, a jovem falou sobre a colaboração de seus sonhos.

Foto: Reprodução

Eu queria que essa canção soasse como a Rádio Disney de 14 anos atrás, com aquela angústia da Avril de 2007, então, eu liguei para ela. Quando ouvi o que fez com o material que lhe enviei, senti como se tivesse sido transportada para um momento da minha pré-adolescência, no carro gritando: “I Don’t Have To Try to Make You Realize!”. Foi além de qualquer alegria que eu poderia ter imaginado“, disse ela, em entrevista para a “W Magazine”.

(Fonte: PopLine)