asdasdasdasd

Rebatendo Lossio, Secretária garante que não houve registro de problemas graves pós mutirão da prefeitura

por Redação Nossa Voz 10 de Janeiro de 2019 às 10:52

Nesta quinta-feira (10), a secretária executiva de Atenção em Saúde de Petrolina, Ana Carolina Freire, esteve no Programa Nossa Voz para falar sobre a convocação para atualização cadastral dos beneficiários do Bolsa Família. Na oportunidade, ela foi questionada sobre a denúncia feita pelo ex-prefeito de Petrolina, Julio Lossio. Ele disse à imprensa que pacientes operados em mutirão de cirurgia de catarata, promovido pela prefeitura, ficaram com graves problemas na visão.

A secretária executiva negou que tenham sido registradas pelo município ocorrências graves. "Não soubemos de nenhum paciente que perdeu a visão. Tivemos algumas ocorrências, mas em relação a perda de visão, não recebemos nenhuma denúncia", assegurou Ana Carolina Freire.

Entenda a polêmica

A declaração do ex-prefeito Julio Lossio foi feita em dezembro de 2018, durante uma coletiva de imprensa. Na ocasião Lossio retrucou uma declaração feita pelo atual prefeito do município, Miguel Coelho. Miguel disse que Julio Lossio, apesar de ser  "o prefeito da saúde", deixou uma fila enorme de cirurgias a serem feitas.

O ex-prefeito rebateu Miguel Coelho. "O prefeito não entende nada de cirurgia, tanto é que ele trouxe agora um mutirão de cirurgia de catarata pra Petrolina que deixou muitos problemas", afirmou. Lossio acrescentou ainda que está cuidando de pacientes que tiverem problemas pós-operatórios em procedimentos feitos pelo município em mutirões de cirurgias. "Eu tô com muitos pacientes complicados, com problemas sérios de, por exemplo, ter feito uma cirurgia de catarata e estar em oito graus de miopia, porque a lente que foi introduzida não é uma lente que foi bem calculada".

E a Secretaria de Saúde?

A secretária executiva de Atenção em Saúde de Petrolina, Ana Carolina Freire, aproveitou para dizer que a Secretaria de Saúde vai atender todos os pacientes que, eventualmente, tiveram problemas pós-operatórios. A recomendação é que essas pessoas procurarem a unidade, que funciona na Avenida Fernando Góes, no Centro, das 8h às 13h.