asdasdasdasd

Criação de galinha caipira fortalece desenvolvimento econômico no Vale do São Francisco

por Gabriela Canário 11 de Outubro de 2018 às 09:20
categoria: Cotidiano

 

Depois da implantação da Cooperativa de Pecuaristas e Agricultores do Vale do São Francisco (Coopavasf), a criação de galinha caipira estimulou aos agricultores da região para mais um segmento no desenvolvimento econômico. Atualmente, com cerca de 50 associados, a entidade já comercializa as aves, inclusive para o refeitório da Universidade Federal do Vale do São Francisco. A atividade já era desenvolvida em Petrolina, mas de forma desordenada.

O projeto consiste em trabalhar desde a fase do filhote, ao sair do ovo, até a comercialização. O período de produção, desde a etapa embrionária dos pintinhos até a comercialização, é de 120 dias. A meta é chegar, em breve, a 10 mil aves mensalmente.

O projeto está alcançado várias comunidades de Petrolina, desde a zona rural até a área ribeirinha. A criação de galinha caipira, além de ser uma atividade rentável, não requer grandes investimentos dos pequenos criadores.

A meta da Coopavasf é, principalmente, tornar a atividade mais visível economicamente, uma vez que a entidade atua em todo o Estado. O abatedouro para as aves é terceirizado, mas tem o certificado do Selo Municipal. Falta, agora, apenas uma sede própria, cuja área já está sendo negociada com a 3ª Superintendência Regional (SR) da Codevasf.

Os interessados podem entrar em contato pelo (87) 98803-0482 (Ruy Holanda) e o (87) 98817-3036/99957-3112 (Nélio Gurgel).