asdasdasdasd

Duplicação da Avenida Sete de Setembro avança e já está 60% concluída em Petrolina

por Gabriela Canário 9 de Julho de 2018 às 10:07
categoria: Cotidiano

Quem passa por onde hoje é um grande canteiro de obras, já sente o progresso cada vez mais perto do cotidiano daqueles que trafegam pela Avenida Sete de Setembro, em Petrolina. Em breve, as máquinas e homens que trabalham no local, vão dar lugar a duas novas pistas, ampliando a mobilidade da cidade com uma grande intervenção depois de mais de 10 anos de espera. As equipes do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) estão realizando os serviços de base da rodovia, enquanto já começaram a instalação da barreira de concreto (New Jersey) que vai dividir as quatro faixas da via.

A obra, que começou em janeiro deste ano, ganhou novo ritmo após a visita do ministro Transportes, Portos e Aviação Civil, Valter Casemiro, no mês passado. Até agora já foram feitos os cortes abertos para as duas novas faixas e a aplicação da Brita Graduada Tratada com Cimento (BGTC), enquanto que a camada de Brita Graduada Simples (BGS) está sendo concluída, da mesma forma que o aterro da área da lagoa de estabilização de esgoto. Além da conclusão da fixação da barreira New Jersey por quase toda a extensão da pista, ainda vão ser realizados os serviços de drenagem, sinalização e acabamento da via.

De acordo com o secretário de Infraestrutura, Mobilidade e Serviços Públicos de Petrolina, Fred Machado, se o cronograma da obra seguir sem alterações, o serviço será entregue em setembro, mês de aniversário da cidade. “Estamos otimistas em relação à duplicação da Sete de Setembro porque vemos o avanço no trabalho das equipes do DNIT. Sempre acompanhamos o andamento do serviço e a nossa expectativa é que em setembro essa grande obra de mobilidade possa ser entregue como um dos grandes presentes que a Prefeitura está preparando para Petrolina, resultado da articulação política do prefeito Miguel Coelho”, destaca Machado.

COMPLEXO VIÁRIO

A obra de duplicação da Avenida Sete de Setembro está orçada em quase R$ 7 milhões. A ideia é oferecer mais mobilidade para quem trafega pelas rodovias de entrada e saída da cidade, além de promover um melhor acesso a bairros importantes como o José e Maria, Areia Branca, Dom Malan, Centro, Caminho do Sol, Vila Eulália, Jardim Maravilha e Gercino Coelho. A nova Sete de Setembro ainda vai se integrar com dois novos viadutos, orçados em cerca de R$ 18,9 milhões e que começam a ser construídos ainda este ano, formando um novo complexo viário a fim de desafogar o trânsito na zona norte da cidade.