asdasdasdasd

Sesc: Mostra virtual de dança acontece todos os sábados do mês de julho

por Milena Pacheco 4 de Julho de 2020 às 09:49
categoria: Cultura e Arte

Durante todos os sábados do mês de julho, o Sesc vai realizar uma mostra virtual de dança com artistas da região. Dentro da programação, criações de dança desenvolvidas durante o período de isolamento social. O evento será realizado sempre às 17h.

Neste sábado (4) será realizada a performance "Fabulações Cotidianas". O desempenho foi desenvolvido por Alan Barbosa, André Vitor Brandão e será mediado por Flávia Pinheiro. A live será transmitida através de uma rede social.

No dia 11, o bailarino, Marcos Aurélio Soares, comanda a live com o tema ‘Frevo na Rede’. O artista vai apresentar a performance que utiliza do elemento da rede e do ambiente doméstico como mote para criação em dança. A transmissão será feita através de um perfil em uma rede social.

A performance 'Revoada', de Julia Gondim com direção e filmagem de Pollyana Mattana, será a atração da live no sábado (18). A desempenho será mediado por Ana Paula Maich e será transmitido em uma rede social.

O encerramento acontece no dia 25 de julho com a perfomance 'Tá Ok?" de Fernando Barros, com técnica de Edilene Souza e mediação de Paulo de Melo. A apresentação reflete nas reações ao novo normal impostas pela pandemia. A transmissão será feita através de um perfil em uma rede social. (Com informações G1/Petrolina/Foto: Chico Egídio / Arquivo pessoal)


Produção audiovisual é tema de live realizada pelo Sesc

por Milena Pacheco 2 de Julho de 2020 às 09:31
categoria: Cultura e Arte

Bate-papo integra a programação realizada pelo Sesc Petrolina no mês de julho

Nesta quinta-feira, 2 de julho, às 19h, o Sesc Petrolina realiza no canal do Sesc Pernambuco no Youtube (sescpernambuco) um bate-papo sobre “A elaboração e a execução de uma produção audiovisual”. A live terá como convidado o jornalista, produtor e cineasta Wllyssys Wolfgang e mediação do instrutor de atividades artísticas do Sesc Petrolina, Fernando Pereira. Voltado para o público interessado no tema, a live integra a programação realizada pelo Sesc em suas plataformas digitais durante o período de distanciamento social imposto pelo novo coronavírus.

Com informações da Assessoria/Foto: Divulgação


Sesc tem live de Fafá de Belém, Priscila Senna e Michelle Melo neste mês

por Milena Pacheco 1 de Julho de 2020 às 09:59
categoria: Cultura e Arte

Programação integra o Festival Músicas Que Alimentam e apresentações acontecem, respectivamente, nos dias 1º, 4 e 7 de julho

O Festival Músicas que Alimentam do Sesc Pernambuco apresenta no mês de julho mais três atrações: Fafá de Belém e duas das maiores representantes da cena brega pernambucana: Priscila Senna e Michelle Melo. Os shows solidários serão realizados nos dias 1º, 4 e 7, respectivamente, com transmissão em plataformas digitais. Durante as lives, o público poderá fazer doações, que serão destinadas ao projeto Mesa Brasil – Banco de Alimentos do Sesc, que tem 400 entidades cadastradas em Pernambuco e beneficiam mais de 150 mil pessoas.

Na quarta (1º/07), às 21h, a cantora paraense Fafá de Belém faz o show “Fafá de Belém Canta para São João”. Ela vai uma visita aos diversos ritmos deste patrimônio cultural do Nordeste,com transmissão pelo canal do SescPE no Youtube. No repertório, grandes sucessos do forró em todo o Brasil. No sábado (04/07), às 22h, é a vez de Priscila Senna, um dos maiores nomes do brega pernambucano, que tem mais de 15 anos.A transmissão da live será exclusiva nas plataformas virtuais da cantora. No dia 9 de julho, a recifense Michelle Melo faz sua live, às 21h, no canal do Sesc PE no Youtube e nas redes sociais da cantora, considerada a rainha do brega pernambucano.

No mês de junho, o Festival Músicas Que Alimentam, realizado pelo Centro de Produção Cultural, Negócios e Tecnologia (CPC) de Garanhuns, promoveu outras trêslives solidárias que fizeram o público arrastar o pé ao ritmo do forró. Os shows de Flávio Leandro, Maciel Melo e Convidados e do Forró das Comadres, com Irah Caldeira, Nádia Maia e Cristina Amaral, atingiram a marca de 26,6 mil visualizações no canal oficial do Sesc no Youtube. “É a prova de que o festival tem atingido o seu principal objetivo que é o de propor uma aliança entre a música, com todo seu processo de construção, e a tecnologia, que move o mundo, em uma grande corrente do bem”, ressalta Isolda Braga, gerente regional do Banco de Alimentos. (Com informações da Assessoria/Foto: Divulgação)

Informações: https://www.sescpe.org.br/

Doações: por meio do QR Code fixo na tela ou pelo telefone (81) 99166-2035


Programação de junho oferece linguagens artísticas por meio de plataformas digitais durante o período de distanciamento social

por Milena Pacheco 5 de Junho de 2020 às 09:56
categoria: Cultura e Arte

No mês de junho, o Sesc Petrolina dá continuidade a sua programação cultural diversificada, levando diversas linguagens artísticas gratuitamente à comunidade por meio das plataformas digitais. O objetivo é de dar continuidade as ações sistemáticas já realizadas pelo Sesc na cidade, mesmo durante o período de distanciamento social provocado pela pandemia do Covid19.

Nesta quinta-feira (4/6), o assunto será cinema.  O instrutor de atividades artísticas do Sesc, Fernando Pereira, conversará com os integrantes da NU7 Produção, produtora independente de Petrolina-PE/Juazeiro-BA, sobre “Estratégias de Produção Cinematográfica no Vale do São Francisco”. Durante o bate-papo, os participantes irão falar sobre como a produtora vem se articulando para realizar suas produções no Vale do São Francisco e as estratégias em tempos de distanciamento social. A live será transmitida a partir das 19h, nos perfis @fernando.pereira19 e @nu7producoes no instagram.

No dia 5 de junho, a poesia ganha destaque, às 17h, no instagram da professora de literatura do Sesc Petrolina, @arianesamilla, com a live “Eu indico poesia”, que ocorre todas as sextas sempre com uma indicação literária para o público e a leitura de um poema. A programação completa das lives do mês de junho podem ser conferidas no site (www.sescpe.org.br) e nas redes sociais do Sesc Pernambuco.

(Com informações Assessoria/Foto: Reprodução Andreas Glöckner por Pixabay) 


"Queremos mostrar a criatividade e a beleza da cultura nordestina", diz Santanna sobre projeto novo

por Milena Pacheco 14 de Maio de 2020 às 14:16
categoria: Cultura e Arte

Com o objetivo de dar mais visibilidade a artistas nordestinos, o cantor Santanna usou a sua rede social para falar do seu mais novo projeto: #CulturanaMascara.  

A ideia é que artistas nordestinos enviem obras escritas, ilustradas, animadas que serão publicadas no Instagram do cantor. 

O objetivo é dar visibilidade para artistas da região em início de carreira ou que buscam mais visibilidade. "Queremos mostrar a criatividade e a beleza da cultura nordestina", diz Santanna, na primeira publicação do projeto. (Com informações DP/Foto: Arquivo pessoal/Instagram @santannaocantador)

Foto: Arquivo pessoal/Instagram @santannaocantador


Festival É Tudo Verdade faz mostra online de documentários

por Milena Pacheco 26 de Março de 2020 às 09:32
categoria: Cultura e Arte

A série Herança da Coruja, de Chris Marker, estará disponível no site

    

Ao completar 25 anos, o festival de documentários É Tudo Verdade começa nessa quinta-feira (26) a exibição de filmes online em parcerias com as plataformas Spcine Play e Canal Brasil Play, além da página do Itau Cultural. São 50 horas de programação em 30 títulos, entre longas-metragens, curtas e séries.

A maior parte da mostra, que deveria se iniciar também nesta semana, foi adiada para setembro devido ao fechamento das salas de cinema em São Paulo e no Rio de Janeiro com a crise causada pela disseminação do coronavírus.

Na página do Itau Cultural, estará disponível a série A Herança da Coruja, feita pelo diretor francês Chris Marker em 1989. Em 13 episódios de 26 minutos é discutido o legado político e cultural da Grécia classica para a sociedade contemporânea a partir da exploração de palavras como democracia e misoginia. O diretor do festival, Amir Labak explica que naquela época Marker já antecipava uma tendência atual da produção de documentários. “O formato série documental está em expansão no mundo”, enfatizou na entrevista coletiva de lançamento do festival.

Na Spcine Play, o serão exibidos dez longas-metragens de cineastas mulheres que marcaram a história do festival, além do inédito O Segundo Encontro, de Veronique Ballot. Fazem ainda parte dessa programação outros tês longas e seis curtas que passaram pelo É Tudo Verdade em 1996 e dois documentários sobre o cineasta José Mojica Marins, que morreu neste ano.

A série Cineastas do Real, com 26 entrevistas feitas por Amir Labak com alguns dos principais documentarias brasileiros estará disponível no Canal Brasil Play.

A programação com horários e formas de acesso pode ser vista na página do festival - www.etudoverdade.com.br

(Fonte: Agência Brasil/Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)


Secretaria de Cultura de Juazeiro suspende Festival de Teatro Wellington Monteclaro e Espetáculos Sacros

por Milena Pacheco 18 de Março de 2020 às 08:22
categoria: Cultura e Arte

Foto: Divulgação

Diante da situação em que vive o mundo devido a pandemia de Coronavírus e, no caso de Juazeiro, o surto de H1N1, a Secretaria de Cultura, Turismo e Esporte (Seculte) do município, suspende o Festival de Teatro Wellington Monteclaro 2020, que aconteceria de 26 a 29 deste mês, bem como os espetáculos sacros que são apoiados via edital da Seculte.  

Assim, a secretaria agradece a compreensão de artistas e público para este caso de emergência. Tão logo a situação de pandemia seja reduzida, a Seculte vai reorganizar as datas. (Fonte: Blog Nossa Voz/Foto: Divulgação)


Cia de Dança do Sesc Petrolina celebra 25 anos com “Aterrágua”

por Milena Pacheco 12 de Março de 2020 às 09:48
categoria: Cultura e Arte

Espetáculo de dança contemporânea estreia neste final de semana no Teatro Dona Amélia

A Cia de Dança do Sesc Petrolina (CDASP)  chega aos seus 25 anos com uma trajetória que a transformou em  um dos grupos de dança mais respeitados de Pernambuco. Para celebrar as bodas de prata, os bailarinos voltam à cena neste final de semana para a estreia do espetáculo “Aterrágua”.  As apresentações acontecem no sábado (14) e domingo (15), sempre às 20h, no Teatro Dona Amélia.

Com concepção e direção geral de Jailson Lima, “Aterrágua” utiliza como matéria de criação narrativas e imaginários construídos a partir do encontro da água e da terra. Assim como, a importância simbólica desses elementos para nossa cultura. “O espetáculo evoca, ainda, questões em torno das lutas por território e da necessidade de um corpo presente na construção de outras territorialidades”, destaca o diretor na descrição da montagem.

Aterrágua - Foto: Fernando Pereira

No elenco do espetáculo estão os bailarinos André Vitor Brandão, Alan Gerald, Alexandre Santos, Anna Carolina, Catarina Andrade, Carol Andrade, Diego Milhomens, Eliza Oliver, Fhellipe Soares, Jaidson Sá, Júlia Gondim, Laís Bione, Liz Castro, Maria Gizely, Pedro Creslley, Pedro Lacerda, Tássio Tavares, Thierri Oliveira, Zezinho Lécter. Alexandre Santos também assume a assistência de direção.  A concepção e criação de luz é de Carlos Tiago; criação de trilha sonora, viola, berimbau e voz de Sônia Guimarães;  voz e percussão de Anastácia Rodrigues;  música “Toré das 12 Irmãs e Mais Algumas”, de Dea Trancoso e Sônia Guimarães.A Identidade Visual é de Pollyana Mattana.   

Os ingressos para o espetáculo custam R$ 20 para o público em geral. Trabalhadores do comércio de bens, serviços e turismo e seus dependentes, têm desconto e pagam R$ 10. A montagem tem classificação indicativa livre.

Trajetória - A Cia de Dança do Sesc Petrolina firma-se definitivamente como um espaço de formação em dança na região do Vale do São Francisco, desenvolvendo um trabalho sistemático e ininterrupto em dança contemporânea. A CDASP também tem sido responsável pela formação de instrutores, bailarinos e coreógrafos, possibilitando a inserção desses profissionais no mercado de trabalho e contribuindo para formação de novos grupos de dança na região.

Em 25 anos, o grupo alcançou o reconhecimento do público e prêmios, levando para os palcos de vários Estados os espetáculos “Labirintos”, “Chamas”, “Fábrica Mix”, “Ondas Cardiocerebrais” , “Fuá na Casa de Zé Mané”, “Riscos”, “Viva Seu Lua”, “Bailantes, Brincantes Dançantes”,  “Ao Amor e à Dor”, “Esbórnia” , “Eu Vim da Ilha”, “Tatudobrega” e “Rio de Contas”.

Sesc – O Serviço Social do Comércio é uma instituição privada mantida pelos empresários do comércio de bens, serviços e turismo. Em Pernambuco, iniciou suas atividades em 1947. Oferece para os funcionários do comércio de bens, serviços e turismo, bem como para o público geral, a preços módicos ou gratuitamente, atividades nas áreas de educação, saúde, cultura, recreação, esporte, turismo e assistência social. Atualmente, existem 23 unidades do Sesc do Litoral ao Sertão do estado, incluindo dois hotéis, em Garanhuns e Triunfo, e o Centro de Produção Cultural e Negócios do Sesc, em Garanhuns. Essas unidades dispõem de escolas, equipamentos culturais (como teatros e galerias de arte), restaurantes, academias, quadras poliesportivas, campos de futebol, entre outros espaços e projetos. Para conhecer cada unidade, os projetos ou acessar a programação do mês do Sesc em Pernambuco, basta acessar www.sescpe.org.br.

Com informações da Assessoria/Foto: Fernando Pereira


Poesia no Jardim de Ana debate a poética de Carolina Maria de Jesus

por Milena Pacheco 12 de Março de 2020 às 09:05
categoria: Cultura e Arte

Programação gratuita acontecerá nesta sexta-feira (13/3) no jardim da Galeria de Artes Ana das Carrancas

No mês em que se comemora o Dia Mundial da Poesia, o Sesc Petrolina realiza  uma nova edição do projeto Poesia no Jardim de Ana refletindo sobre a poética da escritora mineira Carolina Maria de Jesus. A programação gratuita acontecerá nesta sexta-feira (13/3), às 19h, no Jardim da Galeria de Artes Ana das Carrancas.

Norteado pela escrita da homenageada e dialogando com outras linguagens artísticas, o encontro contará com a participação do Poeta Nascimento e apresentação musical de Negadell e Veva Show. A medição da conversa será feita por Fernanda Soares. “Teremos uma noite muito especial dedicada a conhecer um pouco mais sobre essa autora que foi uma das primeiras escritoras negras do Brasil” , destaca a professora de literatura do Sesc Petrolina, Ariane Samila Rosa.

Carolina Maria de Jesus nasceu em 1914 na cidade de Sacramento, em Minas Gerais.  Depois mudou-se para São Paulo, onde trabalhou como empregada doméstica e catadora de papel. Carolina escrevia sobre seu dia a dia na favela do Canindé. Seu primeiro livro, Quarto de Despejo, publicado em 1960, vendeu dez mil cópias, em quatro dias, e 100 mil cópias, em um ano. Esse livro relata suas vivências na favela, sobre como sobrevivia à fome com seus filhos.

Sesc – O Serviço Social do Comércio é uma instituição privada mantida pelos empresários do comércio de bens, serviços e turismo. Em Pernambuco, iniciou suas atividades em 1947. Oferece para os funcionários do comércio de bens, serviços e turismo, bem como para o público geral, a preços módicos ou gratuitamente, atividades nas áreas de educação, saúde, cultura, recreação, esporte, turismo e assistência social. Atualmente, existem 23 unidades do Sesc do Litoral ao Sertão do estado, incluindo dois hotéis, em Garanhuns e Triunfo, e o Centro de Produção Cultural e Negócios do Sesc, em Garanhuns. Essas unidades dispõem de escolas, equipamentos culturais (como teatros e galerias de arte), restaurantes, academias, quadras poliesportivas, campos de futebol, entre outros espaços e projetos. Para conhecer cada unidade, os projetos ou acessar a programação do mês do Sesc em Pernambuco, basta acessar www.sescpe.org.br.

Com informações da Assessoria


Em cartaz no mês de março, espetáculo 'Processo Medusa' alerta sobre o combate à cultura do estupro

por Milena Pacheco 3 de Março de 2020 às 08:35
categoria: Cultura e Arte

As sessões serão realizadas no CEU das Águas, em Petrolina, nas sextas, às 16h, e nos sábados e domingos às 19h. Haverá intérprete de Libras. A classificação é de 12 anos e entrada é gratuita.

Entre os dias 6 e 29 de março, o espetáculo "Processo Medusa" apresenta temporada no Cineteatro CEU das Águas, no bairro Rio Corrente em Petrolina, no Sertão de Pernambuco. O espetáculo da Cia Biruta de Teatro apresenta uma reflexão sobre o enfrentamento à cultura do estupro, luta feminista e discussões sobre corpo, mulher e democracia.

As sessões serão realizadas nas sextas-feiras às 16h e nos sábados e domingos às 19h. Haverá intérprete de Libras. A classificação é de 12 anos e entrada é gratuita. O Cineteatro da Praça CEU das Águas está localizado na Rua do Tamarindo, s/n, bairro Rio Corrente. (Fonte: G1/Foto: Divulgação)