asdasdasdasd

Respondendo a 16 processos, Presidente do Sinpol diz que Governo de PE tenta calar sindicato

por Gabriela Canário 11 de Janeiro de 2019 às 10:48
categoria: Denúncia

O presidente do Sindicato dos Policiais Civis de Pernambuco, Áureo Cisneiros, voltou a afirmar que está sendo perseguido pelo Governo de Pernambuco, após várias denúncias que fez sobre a falta de estrutura nas delegacias e as unidades do Instituto Médico Legal do Estado.

Em entrevista ao programa Nossa Voz, Cisneiros afirmou que 16 processos administrativos foram movidos contra ele e todos buscam a sua demissão. A diretoria do sindicato também está sendo processada. O presidente do Sinpol afirma já ter buscado a Justiça comum, mas esta ainda não se pronunciou.

“Essas perseguições devido a nossa atuação sindical. Mais de 40 processos contra o Sinpol. É função sindical fazer isso, o governo não dialogo e tenta calar o Sindicato. Nós vamos resistir! A gente levou isso para o judiciário e temos que combater essa arbitrariedade. Isso é um ataque à liberdade sindical”, afirmou Cisneiros.

Também em entrevista ao Nossa Voz, o Secretário Executivo de Defesa Social de Pernambuco, Humberto Freire, disse que "a atividade sindical é legítima" e que os processos são relativos a ações que extrapolam e que não se trata de perseguição.