asdasdasdasd

Enquete Nossa Voz: internautas não sentiram crescimento na economia do Brasil

por Redação Nossa Voz 13 de Dezembro de 2017 às 08:54
categoria: Economia

De acordo com dados do Instituto Brasileiro de Geografia Estatística a economia continuou crescendo no o terceiro trimestre de 2017. Os sinais de uma recuperação econômica, ainda que tímida, já aparecem nos balanços divulgados por diversas empresas. Segundo a pesquisa, os brasileiros gastaram mais nesse período e influenciaram positivamente o crescimento da economia. Entretanto, em uma enquete realizada no site do Nossa Voz, os internautas afirmaram que não sentiram a alteração positiva. Confira o resultado:



  • Senti um crescimento na economia: 0%





  • A situação continua a mesma: 85,7%




  • Senti uma queda na economia: 14,3%




Prefeitura e Infraero discutem ações para destacar potencial econômico de Petrolina

por Gabriela Canário 4 de Dezembro de 2017 às 10:06
categoria: Economia

 

Conhecer e atualizar os dados sobre a operacionalização da exportação no Vale do São Francisco. Esse foi o principal assunto da reunião que aconteceu, nesta semana, com o secretário executivo de Indústria e Comércio de Petrolina, Lucca Balalai e o superintendente da Infraero, Moysés Barbosa da Silva Filho.

Na reunião, que também contou com as presenças do diretor - presidente da Agência do Empreendedor (AGE), Sebastião Amorim, e da economista Patrícia Souza, foram abordados assuntos que visam firmar parcerias com várias instituições, inclusive a Infraero, para a implantação do Núcleo de Informações Econômicas (NIC).

Estamos conversando com os parceiros e solicitando informações para a criação de um banco de dados sobre as potencialidades da atividade econômica do município. Quero agradecer a todos pela receptividade e o engajamento do projeto”, disse o secretário executivo Lucca Balalai.

O Superintendente da Infraero, Moysés Barbosa, aproveitou para reforçar a disponibilidade em trabalhar em conjunto e falou em primeira mão sobre o aumento das exportações após dois meses de certificação da ANAC para pouso de aviões mais robustos no aeroporto Senador Nilo Coelho, em Petrolina.

Hoje, os produtores podem ofertar mais frutas e escoar suas produções. Isso alavancou também as nossas armazenagens na utilização do Terminal de Logística de Carga (Teca). A gente deve fechar o ano com crescimento nas exportações de 31% com relação a 2016. Isso é bom para a região e o Nordeste inteiro que exporta através do nosso aeroporto”, falou Moysés Barbosa.


Prefeitura e Infraero discutem ações para destacar potencial econômico de Petrolina

por Adriana Rodrigues 1 de Dezembro de 2017 às 18:21
categoria: Economia

Conhecer e atualizar os dados sobre a operacionalização da exportação no Vale do São Francisco. Esse foi o principal assunto da reunião que aconteceu, nesta semana, com o secretário executivo de Indústria e Comércio de Petrolina, Lucca Balalai e o superintendente da Infraero, Moysés Barbosa da Silva Filho.

Na reunião, que também contou com as presenças do diretor - presidente da Agência do Empreendedor (AGE), Sebastião Amorim, e da economista Patrícia Souza, foram abordados assuntos que visam firmar parcerias com várias instituições, inclusive a Infraero, para a implantação do Núcleo de Informações Econômicas (NIC).

“Estamos conversando com os parceiros e solicitando informações para a criação de um banco de dados sobre as potencialidades da atividade econômica do município. Quero agradecer a todos pela receptividade e o engajamento do projeto”, disse o secretário executivo Lucca Balalai.

O Superintendente da Infraero, Moysés Barbosa, aproveitou para reforçar a disponibilidade em trabalhar em conjunto e falou em primeira mão sobre o aumento das exportações após dois meses de certificação da ANAC para pouso de aviões mais robustos no aeroporto Senador Nilo Coelho, em Petrolina.

“Hoje, os produtores podem ofertar mais frutas e escoar suas produções. Isso alavancou também as nossas armazenagens na utilização do Terminal de Logística de Carga (Teca). A gente deve fechar o ano com crescimento nas exportações de 31% com relação a 2016. Isso é bom para a região e o Nordeste inteiro que exporta através do nosso aeroporto”, falou Moysés Barbosa.


Petrobras anuncia queda de 2,3% no preço da gasolina e alta de 0,30% no diesel

por Adriana Rodrigues 28 de Novembro de 2017 às 20:07
categoria: Economia

A Petrobras anunciou um novo reajuste para os combustíveis, com recuo de 2,3% no preço da gasolina nas refinarias e alta de 0,30% no preço do diesel. Os novos valores valem a partir da quarta-feira, 29.

A nova política de revisão de preços foi divulgada pela petroleira no dia 30 de junho. Com o novo modelo, a Petrobras espera acompanhar as condições do mercado e enfrentar a concorrência de importadores.

Em vez de esperar um mês para ajustar seus preços, a Petrobras agora avalia todas as condições do mercado para se adaptar, o que pode acontecer diariamente.


Petrolina é uma das cinco cidades que mais gerou empregos no Brasil

por Neya Gonçalves 27 de Novembro de 2017 às 12:16
categoria: Economia

O jornal Valor Econômico traz, nesta segunda-feira (27), uma matéria ressaltando que Petrolina é a *quinta no Brasil* e *primeira em Pernambuco* na geração de emprego, no período de janeiro a outubro, com saldo positivo de 5 mil vagas de trabalho. O município sertanejo aparece atrás apenas de São Paulo, Joinville (SC), Goiânia (GO) e Franca (SP).

A explicação principal para esse crescimento nas vagas de trabalho está ligada à fruticultura irrigada. O jornal Valor Econômico mostra que o setor agropecuária foi o grande impulsionador de trabalho este ano em Petrolina com mais de 4 mil vagas. Outra área que começa a respirar e indica o retorno do crescimento consistente na capital do São Francisco é o da construção civil, que gerou 209 oportunidades.

Entrevistado pelo Valor, o prefeito Miguel Coelho reforçou que Petrolina obteve sucesso na geração de trabalho devido a exportações de frutas e também ao processo de formalização de empregos e uma retomada gradual de obras na cidade. “Estamos fazendo um trabalho de simplificação de concessão de alvarás e de licenças ambientais e isso ajuda na formalização”, afirmou ao Valor.

Miguel ainda acredita que a cidade deve crescer mais nos próximos meses por conta de novas obras. “Estamos nos esforçando para garantir mais facilidade para os setores produtivos e reduzindo a carga burocrática. Há também um cenário positivo onde teremos intervenções importantes como a duplicação da Avenida Sete de Setembro entre outras obras. Há muito por vir, mas já dá pra ver que nossa cidade começa a voltar a ser referência de desenvolvimento”, comemora o prefeito Miguel Coelho.


Cartão do Servidor garante descontos no comércio de Petrolina

por Karine Paixão 27 de Outubro de 2017 às 14:00
categoria: Economia

A partir de agora, funcionários municipais efetivos e comissionados terão direito ao Cartão de Desconto do Servidor. O benefício foi anunciado pelo prefeito Miguel Coelho, nesta quinta (26), e trará diversas vantagens na aquisição de produtos em comércios devidamente credenciados neste programa.

A iniciativa foi firmada através de convênio entre a Prefeitura, Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), Sindilojas e o Sindicato dos Servidores Municipais (Sindisemp). O acordo trará entre outros benefícios descontos nas compras em lojas de roupas; calçados; alimentação; entretenimento; saúde e estética. O cartão ainda vai gerar descontos nas instituições privadas de ensino em Petrolina.

Para o prefeito Miguel Coelho, além de permitir um maior poder de compra aos funcionários municipais, o Cartão de Desconto do Servidor vai aquecer o comércio local. “São milhares de servidores só na Prefeitura de Petrolina. Portanto, apesar de ceder um desconto, essa iniciativa vai aumentar os lucros dos comerciantes, pois mais gente vai poder comprar, e com isso também aquecemos a economia da cidade e geramos empregos e renda”, comentou.

Já a secretária de Gestão Administrativa, Luiza Leão, afirmou que a iniciativa é uma forma de reconhecer a importância do servidor. “Este é apenas mais um incentivo para aqueles que consideramos o maior patrimônio da administração pública. Esse cartão vai proporcionar lazer, qualidade de vida e serviços em saúde para os servidores petrolinenses”, avaliou.

Para garantir o desconto, é preciso apresentar o cartão do servidor ou o contracheque no ato da compra nas lojas conveniadas. Até o momento já estão na parceria 12 empresas, mas meta inicial é envolver pelo menos 50 instituições nos próximos meses.

Confira a relação das primeiras lojas com desconto para o servidor:

Ariston Melo Centro Médico; Coife Odonto; Faculdade Inspirar; Faculdade Maurício de Nassau; Peixada Rio Mar; Emagrecentro; DS Suprimentos; Estudo de Beleza Elizabeth Magalhães; Santa Lola; MC Ambientes; Uau Forro; Max Print; Droga Farma; Mix da Construção; Ótica Diniz; Donna Dono; BS Supermercados; Restaurante Badauê e Damásio Educacional.  (ascom)

 


Sindilojas e CDL lançam a campanha Natal da Cidade

por Mônia Ramos 4 de Setembro de 2017 às 12:40
categoria: Economia

 

Durante café da manhã nesta segunda (04), o Sindicato do Comércio Varejista de Petrolina (Sindilojas) e a Câmara de Diretores Lojistas (CDL) reuniram empresários e imprensa para o lançamento oficial da campanha de Natal 2017. Este ano, o evento chega com várias inovações, começando pelo nome, que passa a ser Natal da Cidade.

“Pretendemos estimular as famílias e as pessoas de Petrolina e cidades circunvizinhas a se voltarem para o comércio da cidade, que sempre foi um ponto tradicional de encontro”, destaca Késia Araújo, da Marka Comunicação, agência responsável pela nova concepção da campanha.

Outra mudança diz respeito ao local do evento. As apresentações culturais e musicais, além da decoração específica da época, como o tradicional presépio, acontecerão entre a Praça Dom Malan e a Concha Acústica. A organização deve disponibilizar espaços que servirão como praça de alimentação. “A ideia é dotar a área da festa de toda comodidade, para que os visitantes possam fazer fotos com Papai Noel, com o presépio,  assistam  às apresentações e tenham como fazer suas refeições rápidas ali mesmo. É uma forma também de fomentar a participação de empreendedores locais e garantir a geração de emprego e renda”, pontua Késia.

A chegada de Papai Noel está agendada para o dia 04 de novembro. E este ano o bom velhinho vem de bicicleta. A proposta é divulgar esse meio de transporte que,  além de ecologicamente correto, ainda contribui para uma qualidade de vida mais saudável. Grupos de ciclismo da região serão convidados a participarem da abertura. A concentração deve ocorrer às 8h, no Monumento da Integração. A programação do evento será sempre das quintas aos sábados, durante todo o mês de Dezembro. O grande sorteio com as premiações para quem participar da campanha será realizado na primeira quinzena de Janeiro.

“Nosso objetivo é sempre disponibilizar aos lojistas as melhores possibilidades para que eles possam mostrar seus produtos e serviços. Essa é uma época muito representativa para o segmento e a gente espera que todos possam abraçar a ideia e obter êxito”, enfatiza o presidente da CDL Petrolina, Manoel Vilmar.

Para o secretário Executivo de Indústria e Comércio de Petrolina, Luca Ballalai, o evento também tem o prisma de aquecer o turismo regional. “Sem dúvida, um projeto muito interessante e que tem tudo para agregar geração de emprego e renda para o município, além de ser um atrativo para as pessoas que moram em outras cidades e regiões. É bom ressaltar que a parceria do empresariado é muito importante para que o projeto tenha o êxito desejado”, destaca.  

O Natal da Cidade deve contar ainda com as parcerias da Prefeitura Municipal e da Diocese, esta última, através de apresentações e celebrações alusivas ao período de celebração cristã.

“É um período, sem dúvida, de grande expectativa e movimentação para o comércio. Esperamos que essa nova formatação possa ser abraçada por todos e se torne um referencial para anos posteriores. Sabe-se que o país vivencia um período complexo na economia, mas já houve sinalização de melhoras. Então é preciso acreditar, usar da criatividade para poder fazer com que as estatísticas possam trabalhar a nosso favor”, explica o presidente do Sindilojas, Joaquim de Castro.  

Quem tiver interesse em conhecer os planos de participação e aderir aos kits, pode procurar as equipes do Sindilojas e CDL Petrolina. Informações através dos telefones : 87 3861 2333/ 3862 1322. (Com informações da Ascom)


Agricultores do São Francisco podem renegociar dívidas no Banco do Brasil

por Mônia Ramos 4 de Setembro de 2017 às 08:08
categoria: Economia

Agricultores do Vale do São Francisco recebem uma nova e importante notícia que possibilita a liquidação de financiamentos rurais. A medida beneficia mais de 240 mil produtores e os valores de todas as operações favorecidas somam R$ 2,6 bilhões em todo o país.  O prazo vai até o dia 29 de dezembro deste ano.

As medidas constam da Lei 13.340, publicada em 28 de setembro de 2016 e tem como objetivo minimizar os impactos na produção e renda de agricultores em regiões atingidas pela seca, localizados na área de abrangência da SUDENE.

Os interessados em renegociar seus débitos devem procurar as agências do banco, explica o superintendente regional do Banco do Brasil, Eliézio Vasconcelos. Para isso, devem comparecer as agências da rede do Banco do Brasil, preferencialmente aquela onde o empréstimo foi contratado. “Conclamamos os produtores que possuem dívida contratada até dezembro de 2011, para irem ao BB e não perderem os benefícios que essa lei traz, como a possibilidade de liquidar com 20% a 95% de rebate, sem contar que o produtor fica com sua situação cadastral totalmente limpa, podendo inclusive retomar os créditos”, frisa.

Diante da situação de estiagem e crise na produção afetada pela falta de chuvas na região, a lei estabelece que a dívida seja calculada pela situação de normalidade a partir da data da contratação, antes de receber o rebate, que varia de acordo com a época de contratação da operação, a região de localização do empreendimento financiado e o somatório do valor contratado, que não pode ultrapassar R$ 200 mil por produtor. “Em Petrolina temos um contingente de quase um mil produtores que são beneficiários desse lei e que devem em torno de R$ 10 milhões; portanto é um ânimo para a economia agrícola do município. Já na região de abrangência da Regional Petrolina, que envolve cerca de 70 municípios, temos quase 8.000 produtores e um montante de mais de R$ 54 milhões passíveis de acerto. No Banco do Brasil só fica com dívida quem quiser; estamos preparados, em todas as agências, para aplicar a 13.340 e reabilitar o crédito desse agricultor. Caso o Produtor não tenha sua dívida enquadrada na lei 13.340, trataremos caso a caso e certamente teremos outra solução também vantajosa para realizar o acerto”, disse Vasconcelos. 


Economista de Petrolina alerta sobre riscos de empréstimos em época de crise

por Redação Nossa Voz 29 de Agosto de 2017 às 08:31
categoria: Economia

A Busca por empréstimos aumentou em tempos de crise. Com as finanças cada vez mais apertadas e o aumento do valor de vários produtos de consumo cotidiano, como, por exemplo, a gasolina, a época de retenção financeira se tornou o cenário principal para o comércio dos empréstimos.

Muita gente tem recorrido a esta alternativa para tentar fugir das dívidas e, numa primeira olhada, a solução parece até boa. Mas só parece. É o que afirma a economista petrolinense, Socorro Macedo. Segundo ela, o risco de se fazer empréstimos, principalmente na reta final do ano, é alto, tendo em vista que ainda não houve reajuste salarial. “Mas as despesas continuam grandes”, destacou.

Ela explica que o primeiro passo é analisar a situação financeira e pensar se vale a pena um empréstimo. “Você tem impressão que aquele dinheiro vai resolver sua vida, mas não é bem assim. Dinheiro é mercadoria do Banco. A contrapartida tem que existir. Se é consignado, existe um bem por trás. Se você já está endividado, avalie se vale a pena pegar esse recurso. Quando você faz um consignado em cima do seu salário, imagina que você vai  ter menos dinheiro e mais obrigações, se já estava apertado, vai ficar ainda mais”,”, analisou a economista.

Alguns riscos devem ser analisados na contratação de um crédito financeiro. “Seu salário serve para suprir várias coisas. [A pessoa] corre vários riscos, como ficar desempregado e salário atrasar”, alertou Socorro. De acordo com ela, a contratação do serviço deve ser realizada quando realmente houver necessidade. “O momento é quando você precisa. Mas você tem que sentar e analisar o seu caso, se sua economia possibilita perceber a sua necessidade”, disse.

Gabriela Canário


Gasolina fica mais cara a partir de amanhã nas refinarias

por Mônia Ramos 28 de Agosto de 2017 às 17:31
categoria: Economia

A partir desta terça-feira (29), o preço da gasolina nas refinarias sofrerá um aumento de 1,1% e o do diesel de 0,4%. O anúncio foi feito segunda (28) pela Petrobras e segue a nova política de ajuste de preço, que tem como base o preço de paridade de importação.

O ajuste anterior havia sido anunciado no sábado (26), com aumento de 1,2% na gasolina e diminuição de 0,7% no diesel. A nova política foi adotada no começo de julho e, desde então, os reajustes são feitos quase que diariamente. Os percentuais podem ser acompanhados no site da Petrobras.