asdasdasdasd

ENEM: 334 mil inscritos em Pernambuco

por Milena Pacheco 22 de Maio de 2019 às 10:10
categoria: Educação

O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2019 registrou 334.752 inscritos no Pernambuco. As inscrições terminaram na última sexta-feira, 17, mas os participantes têm até o dia 23 de maio para pagar a taxa, no valor de R$ 85.

Foto: Ilustração

Um total de 116.034 inscritos do Pernambuco ainda precisa efetuar o pagamento dentro deste prazo para confirmar participação no exame, de acordo com balanço preliminar até o início da tarde desta terça-feira (21)

O pagamento deve ser realizado por meio de GRU Cobrança e poderá ser feito em qualquer banco, casa lotérica ou agência dos Correios, obedecendo aos horários e critérios estabelecidos pelos correspondentes bancários.

Quem teve direito à isenção do pagamento da taxa e concluiu a inscrição no prazo já tem sua participação garantida no exame. As provas do Enem 2019 serão aplicadas em dois domingos, 3 e 10 de novembro. No Brasil, foram 6.384.957 de inscritos para a edição de 2019. O número final de participantes confirmados será divulgado no próximo dia 28. (Fonte: Inep/Foto: Ilustração)


Salgueiro: If Sertão abre inscrições para curso de psicologia da educação

por Milena Pacheco 20 de Maio de 2019 às 16:12
categoria: Educação

De hoje (20) até quarta-feira (22) estarão abertas no campus Salgueiro do IF Sertão-PE inscrições para o curso livre de psicologia da educação. São 40 vagas para profissionais da educação e estudantes ou egressos de licenciaturas. A duração será de 180h.

Foto: divulgação

As aulas serão quinzenais, sempre às quartas-feiras, na Faculdade de Ciências Humanas do Sertão Central (Fachusc). De acordo com o edital, os alunos poderão escolher o turno de aula que for mais adequado, podendo participar das atividades pela manhã ou tarde. As vagas serão preenchidas por sorteio entre os inscritos. Para conferir todos os documentos necessários para inscrição basta conferir o edital. (Fonte: Blog Nossa Voz/Foto: divulgação)


IF- Sertão PE divulga nota sobre bloqueio de verbas feito pelo Governo Federal

por Milena Pacheco 6 de Maio de 2019 às 10:39
categoria: Educação

Depois do anúncio do Ministério da Educação (MEC) de um corte de 30% no repasse às universidades e institutos federais em todo o Brasil, várias instituições se posicionaram contra a decisão. O Instituto Federal de Educação do Sertão de Pernambuco (IF Sertão-PE) divulgou nota sobre o assunto.

Reprodução internet

Confira a nota:

O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sertão Pernambucano (IF Sertão-PE) vem a público informar à sociedade que parte dos recursos destinados ao seu funcionamento em 2019 foi bloqueado pelo Governo Federal. A porcentagem de bloqueio foi de 30% do orçamento discricionário previsto na Lei Orçamentária Anual (LOA), o que representa cerca de R$ 8 milhões a menos em recursos de custeio. Em consequência dessa medida, a previsão de orçamento para o IF Sertão-PE corresponde a menos da metade do que foi liberado há quatro anos, em 2015, quando a Instituição contava com uma estrutura menor para manter o funcionamento institucional. Nos últimos quatro anos, os recursos destinados ao Instituto têm diminuído vertiginosamente.

Por outro lado, com a criação de dois novos campi em 2017, ultrapassamos o quantitativo de mil servidores, contribuindo para garantir a oferta de educação pública, gratuita e de qualidade para um número crescente de estudantes que ingressam em nossa instituição e que hoje já somam mais de 10 mil jovens e adultos, sendo a maioria matriculados nos cursos presenciais. Atualmente, ofertamos, em nossos sete campi espalhados pela região, 104 cursos técnicos, 36 graduações, três especializações e um mestrado profissional, além de mantermos oito empreendimentos pré-incubados na Incubadora do Semiárido (ISA). Ao longo de toda a nossa trajetória, temos cumprido importantes objetivos estratégicos, como a promoção de ações de inclusão social, tecnológica e produtiva em sintonia com as realidades econômica, social e cultural locais.

Com o corte de 30% no orçamento previsto para este ano, os impactos no funcionamento da Instituição prejudicarão não apenas os servidores e estudantes do IF Sertão-PE, mas, sobretudo, a população do sertão pernambucano, diretamente beneficiada pela contribuição dos Institutos Federais para o desenvolvimento regional sustentável, no âmbito das atividades de ensino, pesquisa, inovação e extensão e na formação de cidadãs e cidadãos comprometidos com as demandas sociais e com a construção de um país produtivo, justo e soberano.

Entre as ações imediatas para reverter o bloqueio, o Conselho Nacional das Instituições da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica (Conif), que reúne os reitores e reitoras dos Institutos Federais de todo o país, está buscando, junto à Assessoria Jurídica, a adoção de medidas legais para impedir que o orçamento continue bloqueado. Na próxima semana, haverá uma reunião do Conif com a Frente Parlamentar dos Institutos Federais, na Câmara dos Deputados, e, no próximo dia 10, uma audiência com o ministro da Educação, Abraham Weintraub.

Acreditamos que o diálogo e a sensibilização dos agentes públicos que lidam com a destinação orçamentária poderá garantir a integralidade e a continuidade dos recursos necessários para a sobrevivência e manutenção das instituições da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica no Brasil.

ASCOM / IF Sertão-PE/Foto: Reprodução Internet


Inscrições para o Fies do 2º semestre começam em 9 de maio

por Milena Pacheco 3 de Maio de 2019 às 16:56
categoria: Educação

Foi divulgado pelo Ministério da Educação, nesta sexta-feira (3), as normas para o processo seletivo do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) do segundo semestre de 2019. Por enquanto, só foram definidas as datas de inscrição para as operadoras de crédito e para as instituições de ensino. Os estudantes ainda devem aguardar o edital com o calendário completo.

Foto:Reprodução/Internet

As faculdades e universidades que desejem oferecer vagas pelo Fies e pelo P-Fies (quando o agente financeiro é o banco) devem assinar o termo de participação entre os dias 9 e 17 de maio.

Critérios para participação:

É necessário ter participado do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) a partir da edição de 2010, com média aritmética das provas superior a 450 pontos. Não é permitido tirar zero na redação.

Além disso, há critérios de renda, que definirão em qual modalidade do Fies o estudante poderá se inscrever:

a) Fies: candidatos cuja renda familiar per capita seja de até 3 salários mínimos (R$ 2.994,00)

b) P-Fies: candidatos cuja renda familiar per capita seja de 3 a 5 salários mínimos (R$ 2.994 a R$ 4.990) 

Para mais informações sobre o financiamento das mensalidades, acesse o site. (Com informações Blog Nossa Voz/Foto:Reprodução/Internet)


Dinheiro retirado de universidades vai para educação básica, diz Bolsonaro

por Milena Pacheco 3 de Maio de 2019 às 10:58
categoria: Educação

O presidente Jair Bolsonaro disse nesta quinta-feira (2) que o dinheiro retirado das universidades federais será investido na educação básica. Ele disse que a educação no Brasil é como uma casa com um “excelente telhado e paredes podres”.

Foto: Reprodução

O corte, inicialmente, seria restrito a três universidades, Universidade de Brasília (UnB), Universidade Federal Fluminense (UFF) e Universidade Federal da Bahia (UFBA). Em seguida, foi ampliado a todas as instituições federais do país.

A informação sobre o corte na verba das universidades federais surge ao mesmo tempo em que abre o período para as instituições públicas de ensino superior aderirem ao Sistema de Seleção Unificada (Sisu) . O Sisu é um sistema informatizado do Ministério da Educação pelo qual instituições públicas de ensino superior oferecem vagas a candidatos participantes do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM). (Com informações Agência Brasil/Foto: Reprodução)


MEC prorroga prazo de renovação do Fies

por Milena Pacheco 2 de Maio de 2019 às 16:55
categoria: Educação

Financiamento Estudantil (Fies), simplificados e não simplificados, referentes ao 1º semestre de 2019.

A mesma portaria prorroga, para a mesma data, o prazo para a realização da transferência integral de curso ou instituição de ensino, bem como de solicitação de dilatação do prazo para a utilização do financiamento.

Foto: reprodução internet

As prorrogações a que se refere a portaria deverão ser feitas por meio do Sistema de Financiamento ao Estudante (SisFIES), no site do Ministério da Educação e do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação. (Com informações Agência Brasil/Foto: Reprodução Internet)


Prefeitura convoca mais 231 aprovados no concurso da Educação em Petrolina

por Simone Marques 25 de Abril de 2019 às 10:23
categoria: Educação

Já está disponível uma nova lista de convocação dos candidatos aprovados no concurso público para os cargos de professor da rede Municipal de ensino de Petrolina-PE. A lista completa pode ser conferida no site da prefeitura. Esta é a segunda convocação do certame referente ao Edital Nº 001/2018.

Os candidatos devem comparecer, a partir da data da publicação no Diário Oficial, à sede do Instituto de Gestão Previdenciária do Município de Petrolina (IGEPREV), localizado na Avenida José de Sá Maniçoba, nº 200, centro, próximo ao Hospital Universitário munidos da relação de exames e documentos elencados no anexo II.

As vagas são para atuação na sede e interior do município para diversas áreas do ensino. A convocatória está sendo feita de acordo com a necessidade da administração, respeitando o critério de ordem de colocação do resultado.


Prazo para isenção da taxa de inscrição do Enem segue até quarta

por Simone Marques 10 de Abril de 2019 às 08:51
categoria: Educação

Mais de 2,1 milhões de pedidos para isenção da taxa de inscrição no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) já foram solicitados e o prazo para fazer a solicitação termina quarta-feira (10). A isenção não é automática para nenhum grupo. O participante que deseja solicitar o direito de não pagar os R$ 85 da taxa deve acessar a página do Enem 2019 e se inscrever.

Os candidatos saberão o resultado dos pedidos em 17 de abril no próprio site do Enem. Vale lembrar que a obtenção da isenção da taxa não significa a inscrição automática no exame. Esta etapa terá que ser concluída em maio.

Pelas regras do edital, são quatro categorias de gratuidade: Estudantes que estejam cursando o último ano do ensino médio na rede pública; Candidatos que tenham cursado todo o ensino médio em escola da rede pública; Aqueles que declararem estar em situação de vulnerabilidade socioeconômica, por serem membros de família de baixa renda, e que estejam inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico); Para estudantes da rede privada, podem realizar o Enem gratuitamente aqueles que tenham bolsa integral e com renda per capita de até meio salário mínimo, ou até três salários mínimos de renda familiar.

Inscrições

As inscrições para o Enem deverão ser feitas de 6 a 17 de maio. Aqueles candidatos que precisarem pagar a taxa de inscrição deverão quitar o boleto entre os dias 6 e 23 de maio em agências bancárias, casas lotéricas e Correios.

 

 


Curaçá: prefeitura esclarece situação de escola onde alunos fizeram refeição no chão

por Simone Marques 8 de Abril de 2019 às 09:04
categoria: Educação

Depois da denúncia do Nossa Voz sobre a situação de crianças de uma escola de Curaçá-BA que estão fazendo as refeições ao relento e no chão, a prefeitura enviou uma nota de esclarecimento sobre o caso. De acordo com a nota enviada à nossa redação, a escola citada está funcionando em local provisório, enquanto um nova unidade está sendo construída.

Ainda de acordo com a nota, os alunos deveriam fazer as refeições no local de estudos e não ao relento, no chão e expostos ao sol. A prefeitura também garantiu que vai apurar o caso junto aos servidores que permitiram que tal situação.

Confira a nota na íntegra:

O Governo Municipal de Curaçá, por meio da Secretaria Municipal de Educação, vem a público prestar esclarecimentos acerca de denúncias feitas a este blog no último dia 05 de abril de 2019, de suposta situação inadequada ao servir merenda escolar a alunos da rede pública ao relento.

Esclarece-se que a referida Escola vem funcionando em um local que foi adaptado para que as aulas não fossem paralisadas, tendo em vista que a construção de um novo espaço está sendo planejado, sendo que o sobredito espaço não dispunha de refeitório, mas que por anos a merenda foi servida e os alunos se acomodavam em suas respectivas salas de aula.

Dessa forma, apesar do que vem sendo tratado tanto nesse blog, como em outros canais de comunicação regional, a Secretaria esclarece que está apurando o ocorrido para identificar os reais motivos que motivaram o quadro de servidores envolvidos permitirem que tal situação ocorresse.

Acrescentamos ainda, que apesar de haverem uma diversidade de ações a serem realizadas na educação, a situação relatada não condiz com a realidade em nosso Município, que vem passando por transformações na educação.

Até 2016 nenhuma escola do Município tinha refeitório, só na sede do Município eram mais de 1300 crianças jogadas em espaços como garagens, box de vender carne em mercado público, casas alugadas entre outras situações que levaram nosso sistema educacional ao colapso. Estamos entregando as novas sede das Escolas Chapeuzinho Vermelho e Cidadania, assim como já entregamos as sedes da Creche Mãe Sérgia, Caminho do Aprendiz e Padre Adolfo Antunes e assim erradicamos de uma vez por toda esse descaso com os espaços físicos que atendem nossas crianças em toda sede do Município e no Povoado de Mundo Novo, como resolvemos em São Bento, Pedra Branca e Jatobá quando entregamos em 2017 três escolas novas padrão FNDE.

Considerando de onde e como partimos consideramos que já avançamos muito, porém temos a plena certeza que o muito está por fazer, e só iremos estar satisfeitos quando quando este Município reparar todo esse legado de abandono que perdurou por décadas e que dois anos foram muito pouco para resolve-lo.

GOVERNO MUNICIPAL DE CURAÇÁ E SECRETARIA DE EDUCAÇÃO

 

 

 

 

 


Mãe reclama de falta de segurança em escola em Petrolina

por Simone Marques 3 de Abril de 2019 às 09:45
categoria: Educação

A mãe de um aluno da Escola Municipal Paulo Freire no bairro São Gonçalo em Petrolina-PE pede atenção das autoridades competentes sobre a falta de segurança e vigilância na unidade. De acordo com a mãe, que não quis se identificar, já foi solicitado à secretária de Educação um vigia para escola, mas até o momento não foi disponibilizado esse funcionário.

De acordo com o relato da mãe ao Nossa Voz, no mês passado um aluno que entrou armado na unidade para se vingar após uma briga. Na ocasião, por sorte, o diretor da escola conseguiu evitar o pior.

Ainda segundo a mãe, a escola tem acesso livre, por isso, qualquer pessoa pode entrar e sair sem ser percebido.

Nós entramos em contato com a assessoria de comunicação da prefeitura de Petrolina, mas ainda não recebemos resposta.