asdasdasdasd

Kalinic: Croácia expulsa da Copa jogador que se recusou a entrar em campo por 5 minutos

por Mário Souza 18 de Junho de 2018 às 16:13
categoria: Rússia 2018

Nem mesmo a boa vitória por 2 a 0 sobre a Nigéria, na estreia da Copa do Mundo, fez o ambiente na Croácia ficar tranquilo.

Segundo anunciou a HNS (Federação Croata de Futebol) nesta segunda-feira, o atacante Nikola Kalinic, do Milan, será mandado de volta para casa, como havia antecipado a imprensa do país nesta manhã.

Isso aconteceu porque o técnico croata, Zlatko Dalic, se irritou com o experiente jogador de 30 anos por ele ter se recusado a entrar em campo nos cinco minutos finais do triunfo diante dos africanos, no último sábado, em Kaliningrado.

Após o final da partida, em entrevista coletiva, o treinador se disse feliz pela vitória sem lesionados, mas afirmou ter acontecido "um problema", que "logo seria solucionado".

Nesta segunda, porém, ele minimizou a situação em discurso oficial e afirmou que a dispensa de Kalinic ocorre porque o atleta está sentindo dores que o impossibilitam de atuar.

“Durante o jogo contra a Nigéria, Kalinic estava aquecendo e deveria entrar no segundo tempo. No entanto, ele afirmou que não estava pronto para entrar devido a um problema nas costas. A mesma coisa aconteceu durante o amistoso contra o Brasil, na Inglaterra, bem como antes da sessão de treinos no domingo. Aceitei isso com calma e, como preciso que meus jogadores estejam aptos e prontos para jogar, tomei essa decisão”, explicou o treinador.

Com isso, o time xadrez ficará apenas com 22 jogadores no elenco até o final de sua participação no torneio.

Segundo as regras da Fifa, a única possibilidade de atletas serem substituídos no plantel é em caso de lesão grave 24 horas antes da primeira partida do time na competição. Como a equipe xadrez já fez sua estreia, terá que ir com a mesma lista até o final.

A Croácia, líder do grupo D, o mesmo da Argentina, volta a campo na próxima quinta-feira, às 15h (de Brasília), diante dos próprios comandados de Jorge Sampaoli.

Uma vitória classificará os europeus às oitavas de final.


Rússia vence Arábia Saudita com golaços

por Mário Souza 15 de Junho de 2018 às 09:50
categoria: Rússia 2018

Fonte / ESPN

A dona da casa Rússia começou com tudo na Copa do Mundo de 2018.

Nesta quinta-feira, a seleção europeia não tomou conhecimento e arrasou a fraquíssima Arábia Saudita (que não deu um chute sequer no gol) por 5 a 0, no estádio Luzhniki, em Moscou, pela 1ª rodada do grupo A da competição.

Os tentos mais bonitos saíram dos pés de Denis Cheryshev, ex-Real Madrid e atualmente no Villarreal. O meia, inclusive, foi protagonista de uma eliminação bizarra do clube merengue da Copa do Rei em 2015.

Primeiro, o reserva, que entrou logo na etapa inicial após lesão de Dzagoev, recebeu passe da direita, tirou dois marcadores com um bonito drible e escheu o pé esquerdo para estufar as redes, anotando se 1º tento por sua seleção nacional.

Foi apenas a 7ª vez que um reserva conseguiu marcar na etapa inicial de uma partida de Copa. Os outros foram Andreas Samaris (Grécia, 2014), Marco Materazzi (Itália, 2006), Esteban Cambiasso (Argentina, 2006), Milenjo Acimovic (Eslovênia, 2002), Christophe Dugarry (França, 1998) e Jesper Olsen (Dinamarca, 1986).

Depois, quase nos acréscimos do segundo tempo, ele finalizou de trivela, do bico da grande área, e mandou no ângulo, em um golaço que deixou os donos da casa ainda mais felizes em Moscou.

 

O volante Gazinskiy, o meia Golovin e o atacante Dzyuba (outro que marcou logo após ser colocado em campo pelo técnico Stanislav Cherchesov) completaram o placar, para a festa da torcida que encheu a enorme arena.

O bom resultado arrancou sorridos até mesmo do presidente da Rússia, Vladimir Putin, conhecido pela seriedade. O político assistiu à partida ao lado do mandatário da Fifa, Gianni Infantino, e do príncipe da Arábia Saudita, Salman, e se divertiu na tribuna de imprensa, como foi mostrado no telão.

Vale ressaltar ainda que o brasileiro naturalizado russo Mário Fernandes, ex-Grêmio, foi titular e jogou os 90 minutos do duelo pelo time da casa.

Com o resultado, os anfitriões assumem a ponta do grupo A, com 3 pontos, e deixam os sauditas na lanterna, com 0. Nesta sexta-feira, Uruguai e Egito fazem a partida de complementa a 1ª rodada da chave.

Na próxima rodada, a Rússia encara o Egito, terça-feira, em São Petersburgo, às 12h (horário de Brasília). Um dia depois, a Arábia Saudita tenta se recuperar contra o Uruguai, em Rostov, às 12h.


Confira os uniformes que o Brasil vai usar em cada jogo da 1ª fase

por Mário Souza 15 de Junho de 2018 às 09:44
categoria: Rússia 2018

Os uniformes da seleção brasileira para a fase de grupos da Copa do Mundo já estão definidos. A estreia, contra os suíços, será com a tradicional camisa amarela, além do calção azul e das meias brancas. A Suíça também entra em campo também com a vestimenta usual: vermelho na camisa e nas meias, com calção branco.

Na partida contra a Costa Rica, a segunda da competição, o Brasil vai usar o uniforme todo azul. Por sua vez, os costarriquenhos entram de branco na partida. No último jogo, contra a Sérvia, a Seleção volta a usar o primeiro uniforme - os sérvios jogam de vermelho. A combinação de cores usada pelo goleiro Alisson será toda verde nos três confrontos.



 


Rússia enfrenta a Arábia Saudita no jogo de abertura do Mundial

por Gabriela Canário 14 de Junho de 2018 às 07:15
categoria: Rússia 2018



Anfitriã fará sua estreia na competição diante do time africano; ambos estão no Grupo A

Os amantes do futebol estão em festa. Após quatro anos de espera, a bola vai rolar para a 21ª edição da Copa do Mundo. Nesta quinta (14), às 12h, em Moscou, a anfitriã Rússia abre a competição diante da Arábia Saudita, em jogo válido pelo Grupo A. O duelo acontecerá no estádio Lujniki. 

Vai ser só mesmo um aperitivo do que está por vir até a final, marcada para o dia 15 de julho. Russos e sauditas farão a única partida do dia. Egito e Uruguai, que fazem parte do mesmo grupo, só medem forças sexta (15), às 9h, na cidade de Ecaterimburgo. 

Os donos da casa estão animados para a 11ª participação em Mundiais - somando com a antiga União Soviética.  O desempenho recente, no entanto, deixa os torcedores locais bastante preocupados, pois a Rússia não vence há sete jogos. O último triunfo aconteceu em outubro do ano passado, diante da Coreia do Sul. 

Apesar disso, o técnico Stanislav Cherchesov promete um bom desempenho em campo. “A única coisa que podemos fazer é continuar treinando, podemos falar da qualidade de nossos jogadores. O elogio também é um tipo de crítica, certo? Temos que fazer o possível para tornar a crítica em feedback positivo e acho que estamos preparados para a partida”, deu o recado. 

A equipe, por sinal, aposta no faro de gols de Smolov para sair com o triunfo. Ele foi o vice-artilheiro do Campeonato Russo na temporada atual, com 14 gols. O jogador de 28 anos assumiu a camisa 10 do time e promete chamar a responsabilidade quando a bola rolar. 

Quem também é um dos principais nomes do elenco é o brasileiro naturalizado russo Mário Fernandes. Ele atua no CSKA desde 2012 e diz já ter quebrado a barreira do idioma. “Eu já entendo bastante, mas sempre tem alguém para me ajudar quando eu não consigo entender”, contou. 

A Arábia Saudita quer surpreender em sua quinta participação na Copa. Para isso, o treinador do time, o argentino Juan Antonio Pizzi, aposta na posse de bola para conseguir uma vaga nas oitavas de final. “Meu estilo é de competir ativamente. Vamos lutar por cada bola, por cada desarme e queremos ter um estilo de vitória. Queremos ser melhores na força física, nas táticas e também na técnica”, deu o recado. 

Os sauditas acreditam no talento do atacante Al-Shehri,  27 anos, que atua no Leganés, da Espanha. É um dos poucos atletas da seleção a atuar fora do país. 

Rede Bahia


Tudo que você precisa saber

por Mário Souza 13 de Junho de 2018 às 16:11
categoria: Rússia 2018

Fonte / Veja

A Copa do Mundo 2018 será disputada entre os dias 14 de junho e 15 de julho, na Rússia. O país, pela primeira vez anfitrião da competição, montou 11 cidades-sede para receber a disputa, esta que será a primeira a acontecer no Leste Europeu e a décima primeira na Europa.

A Fifa escolheu o país devido ao aumento de interesse da população russa no futebol, graças a investimentos financeiros no esporte, aumento da relevância da Primeira Liga Russa e a chegada de jogadores estrangeiros no país.

Tirando o país sede, automaticamente classificada para o torneio, a seleção brasileira foi a primeira a garantir a classificação para a Copa do Mundo 2018. O sorteio de grupos para a Copa da Rússia aconteceu em 1º de dezembro de 2017, em Moscou. No dia, 32 equipes foram divididas em 8 grupos, com base no Ranking Mundial da Fifa de outubro de 2017. Serão 64 jogos da Copa do Mundo da Rússia a partir do dia 14 de junho.

A Rússia propôs as cidades de Kaliningrado, Kazan, Krasnodar, Moscou, Níjni Novgorod, Rostov do Don, São Petersburgo, Samara, Saransk, Sóchi, Volgogrado, Iaroslavl, e Ecaterimburgo para receberem as seleções e os jogos da Copa do Mundo 2018.

Ao todo, serão 11 cidades-sede e 12 estádios, uma cidade a mais que a exigência da FIFA. Desses 12 estádios, dois foram reformados e dez foram reconstruídos.

A seleção do mascote da Copa do Mundo 2018 ocorreu em 2016. Na disputa, estavam animais como Lobo, o Gato, o Tigre-siberiano, a fênix, o urso. Em 21 de outubro de 2016 o ex-jogador Ronaldo, lança o mascote junto ao Comite Organizador Fifa 2018,que foi denominado Zabivaka, lobo que em russo significa “aquele que marca um gol”.



Já a bola oficial da Copa do Mundo FIFA de 2018, teve como inspiração a Telstar, bolas oficiais das Copas de 1970 e 1974. Sendo lançado em 9 de novembro de 2017,a bola oficial foi batizada de Telstar 18

ABERTURA DA COPA

A abertura da Copa do Mundo 2018 vai acontecer no dia 14 de junho, no Estádio Luzhniki, em Moscou, às 11h30. O jogo de abertura será entre a anfitriã Rússia e Arábia Saudita, às 12h.

A festa inaugural contará com o show do cantor britânico Robbie Williams e a cantora de ópera russa Aida Garifullina. Além disso, o jogador Ronaldo vai participar do evento.

Para quem não sabe, Robbie Williams é autor de hits como “Sexed Up” e “Feel”. Vale lembrar que, diferente das outras edições da Copa, a cerimônia acontecerá desta vez faltando apenas meia hora para o início do jogo. Esta é a terceira vez que uma partida que abre a Copa do Mundo não tem pelo menos uma das seleções campeãs ou do primeiro escalão do futebol internacional.

 


Abertura: horário, shows e detalhes da cerimônia

por Mário Souza 13 de Junho de 2018 às 15:39
categoria: Rússia 2018

Fonte / Placar

Pouco antes do jogo entre Rússia e Arábia Saudita, na estreia da Copa do Mundo, às 12h desta quinta, ocorrerá a – neste ano modesta – cerimônia de abertura do torneio, às 11h30, no estádio Lujniki, em Moscou. A festa terá a presença do cantor britânico Robbie Williams, da soprano russa Aida Garifullina e do bicampeão do mundo, o brasileiro Ronaldo.

Neste ano, bem curta, a abertura da Copa focará nos shows de música. Em entrevista à Reuters na terça-feira depois de um ensaio para o show, o cantor Robbie Williams afirmou que se apresentará com “uma mistura, um banquete de meus maiores sucessos”, junto com a soprano russa Aida Garifullina, mas sem seu hit “Party Like A Russian”. “Eu adoraria cantar ‘Party Like a Russian’, mas infelizmente me pediram para não fazer”, disse.

Na faixa de 2016, o britânico canta “é necessário um certo tipo de homem com um certo tipo de reputação, para aliviar o dinheiro de uma nação inteira”. No videoclipe da música, bailarinas rodopiam ao redor de Williams em um cenário luxuoso. Os meios de comunicação pró-Kremlin foram críticos ao cantor, que respondeu no Twitter que “essa música definitivamente não é sobre o Sr. Putin.”


Agenda do futebol pernambucano na Copa

por Mário Souza 13 de Junho de 2018 às 15:31
categoria: Pernambucano

Fonte / FBF

A grande competição que reúne os melhores jogadores do mundo terá início nesta quinta-feira (14), às 12h, com Rússia x Árabia Saudita, pelo Grupo A. O Brasil estreará no domingo (17), contra a Suíça, às 15h. O torneio irá ter duração de um mês, consequentemente terminando no domingo 15 de julho.

Com isso, os clubes da capital pernambucana vão ter situações bem diferentes no calendário. Como a série A vai parar no período da Copa do Mundo, o Sport só voltará a entrar em campo pela 13ª Rodada do Brasileirão contra o Ceará, no dia 18 de julho (Quarta-feira), às 19h30, no Castelão. Seu último jogo antes da pausa será nesta quarta-feira (13), contra o Grêmio, na Ilha do Retiro. 

Já o Santa Cruz e o Náutico irão continuar jogando pela Série C, normalmente. O único detalhe é que em dia de jogo do Brasil, não terá rodada da terceira divisão.

Confira os jogos e rodadas para Santa Cruz e Náutico até o fim da Copa do Mundo:

10ª Rodada:

18/06 (Segunda-feira) - Santa Cruz x Náutico – Arruda – 21h15

11ª Rodada:

24/06 (Domingo) – Náutico x Botafogo – Arena de Pernambuco – 18h

24/06 (Domingo) – Atlético-AC x Santa Cruz – Arena da Floresta – 20h

12ª Rodada

30/06 (Sábado) – Náutico x Atlético-AC – Arena de Pernambuco – 18h

01/07 (Domingo) – ABC x Santa Cruz – Frasqueirão – 19h

13ª Rodada:

07/07 (Sábado) – Confiança x Náutico – Batistão – 20h15

08/07 (Domingo) – Santa Cruz x Remo – Arruda – 17h


Renan e mais dois pernambucanos são convocados

por Mário Souza 12 de Junho de 2018 às 17:45
categoria: Futsal

Fonte / Infofutsal

Os pernambucanos Renan Franklin, Marcílio e Dennis Cavalcanti (goleiro) foram convocados para a Seleção Brasileira. Os três estarão na final da Liga Sul -Americana contra a Argentina, na China, nas categorias sub-20 e adulto. Os dois jogos estão marcados para os dias 18 e 19 de agosto. Renan, atual técnico do sub-20 do Magnus, será o técnico do time sub-20 e auxiliar de Marquinhos Xavier no adulto. Já Dennis (Joinville) e Marcílio (Assoeva) vão como atletas do Brasil seleção de base.  Para o time principal Marquinhos convocou apenas atletas que atuam no Brasil, o que deixou a convocação com novidades.

A LIGA

A Liga Sul-Americana foi disputada em setembro do ano passado e dividida em dois zonais. Com regulamento esquisito o Brasil sagrou-se campeão da Zona Norte e a Argentina da Zona Sul.  Agora, depois de quase um ano, os times se enfrentarão na “final” do campeonato. Abaixo as listas dos times sub-20 e adulto:

Seleção Principal –

Goleiro – João Neto (Jaraguá -SC);

Fixos – Gledson (Corinthians – SP) e João Pedro (Minas – MG);

Alas – Jamur (Foz – PR), Neguinho (Pato Branco – PR), Suelton (Copagril – PR), Sol Sales (Marreco – PR) e Matheus (Corinthians – SP);

Pivôs – Vini (Foz – PR) e Barbosinha (Copagril – PR).

Sub-20

Goleiros – Dennis (Joinville – SC) e Kelvin (Magnus – SP);

Fixos – Fernando (ACBF – RS) e Lucas Gomes (Magnus – SP);

Alas – Leozinho (Magnus – SP), Evandro (Tubarão – SC), Torres (Jaraguá – SC) e Marcílio (Assoeva – RS);

Pivôs – Israel (Magnus – SP) e Arthur (Joinville – SC).

Comissão Técnica –

Marquinhos Xavier – Treinador

Renan Franklin – Auxiliar

Carlos Dorileo – Médico

Kleber Barbão – Fisioterapeuta

Airton Alves – Rouparia


Treino em solo russo

por Mário Souza 12 de Junho de 2018 às 17:27

Às 9h55 da manhã (madrugada no Brasil), os primeiros jogadores da Seleção Brasileira pisaram no gramado do campo 2 do Centro de Treinamento anexo ao Swissotel Resort Camélia, a casa da equipe na cidade de Sochi, na Rússia. O céu completamente azul, o sol brilhante refletindo o ouro sobre as superfícies da arquibancada e o verde vibrante do gramado deram uma aura acolhedora ao acanhado estádio. Ficou fácil perceber que, ali, treinaria a única equipe cinco estrelas do planeta. Na arquibancada, cerca de quatro mil torcedores compareceram para assistir ao primeiro treino aberto do time brasileiro em território russo, programão para o dia de feriado no país. 

A cada grupo de atletas que entrava no gramado, o público, formado em grande parte por crianças e adolescentes russos e estrangeiros, aplaudia e gritava os nomes dos jogadores. Ao redor do estádio, muita gente tentando entrar ou brigando por um espaço na grade do viaduto que passa bem ao lado do CT. Todos de olhos vidrados para o campo, onde Tite e a comissão técnica comandaram um trabalho intenso dando continuidade à preparação para a Copa do Mundo.

Enquanto de um lado do campo, os goleiros Alisson, Ederson e Cássio treinavam com o preparador Taffarel, do outro lado a comissão dividiu em dois o grupo de atletas. Aqueles que foram titulares na vitória contra a Áustria no último domingo trabalharam a parte física. Já os atletas que entraram no decorrer da partida ou ficaram no banco de reservas no amistoso participaram de atividade com bola.

O meio campo Fred foi a única ausência na atividade aberta ao público. O jogador ficou  no campo 1 aos cuidados da fisioterapia.

– A Copa começou já faz um tempo. Estamos nos preparando forte e mostrando que estamos prontos – disse Geromel.

O zagueiro, ao lado de Douglas Costa, Fagner e Renato Augusto, formou o time de colete que enfrentou Filipe Luís, Marquinhos, Taison e Roberto Firmino em treinamento para aprimorar a velocidade dos passes diante de uma marcação sob pressão. Fernandinho fez o papel de jogador coringa, podendo participar das ações nas duas equipes. Em seguida, esse grupo trabalhou jogadas de ataque contra defesa, com os goleiros se revezando na tentativa de parar os ataques construídos por Douglas Costa, Taison, Firmino, Fernandinho e Renato Augusto.  

O primeiro treino da Seleção Brasileira na Rússia foi acompanhado de perto pelo presidente da CBF, Antonio Carlos Nunes, e pelo chefe de delegação do Brasil, Rogério Caboclo. Quem também marcou presença foi o Canarinho, que, ao fim das atividades, fez a festa dos torcedores e chutou bolas para a galera. Os jogadores brasileiros foram à beira do gramado, tiraram fotos e atenderam aos fãs.

– Clima perfeito hoje. Esse sol maravilhoso. A gente está feliz com esse carinho da galera e o apoio da torcida. Está tudo dentro do previsto, perfeito – elogiou Neymar.


FPF completará 103 anos neste sábado

por Mário Souza 12 de Junho de 2018 às 17:17
categoria: Pernambucano

FPF/ Fonte

Na semana de aniversário da Federação Pernambucana de Futebol (FPF), preparamos uma série de notícias sobre a entidade máxima do futebol pernambucano. Vamos contar a história da instituição, que completará 103 anos neste sábado (16), falar do trabalho que vem sendo realizado pelo atual presidente e muito mais. Nesta segunda-feira (11), vamos falar sobre a criação da entidade. Acompanhe!

Prestes a completar 103 de fundação, o trabalho dos atuais dirigentes da Federação Pernambucana de Futebol está em constante evolução. Fundada no dia 16 de junho de 1915, ainda como Liga Sportiva Pernambucana (LSP), a FPF foi regulamentando, fiscalizando e dirigindo o futebol pernambucano. Na época da sua criação, o Recife entrava na era da eletricidade e muitas coisas estavam mudando, os lampiões a gás que iluminavam a capital pernambucana viraram peças de museu, enquanto os burros que puxavam os bondes pelas belas paisagens e ruas da cidade foram aposentados. Nesse tempo, as pessoas começaram a tomar gosto pelos esportes.

Em 1905, o futebol foi iniciado oficialmente na cidade. E em 1915, o futebol já era um dos esportes mais procurados pela população recifense. A palavra torcida inexistia, então os clubes com mais “simpatizantes” eram o Sport, Náutico, João de Barros (depois América), Santa Cruz, Torre, Flamengo, Centro Sportivo de Peres, Paulista e Casa Forte. A cidade era composta por inúmeros campos espalhados pelos subúrbios, porém os times sempre davam preferência em jogar no Campo do Derby, por ser um local mais espaço e arborizado, tendo sido, inclusive, o local do primeiro jogo de futebol assistido pelo público, no Recife, em 1905.

Ao ver o crescimento do futebol e a necessidade de fundação de uma entidade esportiva para coordenar e disciplinar o esporte, um grupo de jovens do João de Barros resolveu criar a Liga. Eduardo Lemos, líder do grupo na época, convocou todos os outros participantes para uma assembleia geral na casa de Aristheu Accioly Lins, sede do João de Barros. Nesse dia foi lançada a primeira semente do que hoje é a casa dos clubes pernambucanos - a Federação Pernambucana de Futebol.