| Última edição: 26/12/20 - 08:35

Home Notícias Coronavírus Ex-ministro de Bolsonaro estima que Brasil tenha 230 mil mortes por Covid-19

Ex-ministro de Bolsonaro estima que Brasil tenha 230 mil mortes por Covid-19

Compartilhe:

O ex-ministro da Saúde Nelson Teich estimou que o país tenha, considerando a subnotificação, 230 mil mortes provocadas pelo novo coronavírus. Oficialmente, são pouco menos de 190 mil. Segundo o médico, a pandemia de covid-19 no Brasil é pior do que a de gripe espanhola.

Foto: Ed Alves/CB/D.A Press

“Os relatos históricos da gripe espanhola apontam um pouco mais de 35 mil mortes no Brasil nos anos de 1918 e 1919. Pelos dados do IBGE, em 1920 o Brasil tinha 30,6 milhões de habitantes. Se ajustarmos a mortalidade daquela época para os dias atuais, onde o Brasil tem aproximadamente 212,4 milhões de habitantes, o número equivalente de mortes em 2020 seria de aproximadamente 243 mil mortos”, argumentou.

“É impossível projetar e saber com precisão quantas mortes acontecerão no Brasil pela Covid-19, mas com a situação atual, onde existe um crescimento significativo de casos e mortes, as mortes pela Covid-19 vão com certeza superar as da gripe espanhola”, acrescentou o ex-ministro.

Teich, que deixou o governo em maio, após divergências com o presidente Jair Bolsonaro (sem partido), sendo sucedido pelo atual titular da pasta, Eduardo Pazuello, ainda aproveitou o período natalino para fazer uma reflexão sobre a conscientização acerca dos cuidados necessários para impedir a propagação do coronavírus: “Essa situação demanda que as pessoas se cuidem cada vez mais até que uma solução chegue e essa solução da Covid-19 depende das vacinas e programas de vacinação eficazes. Felizmente essa realidade parece próxima”.

“Que o Natal traga paz e resistência para que possamos passar por esses momentos difícies e que nos dê também a sabedoria para que consigamos encontrar as melhores soluções o mais rápido possível”, concluiu o médico.(Diario de PE)