| Última edição: 01/07/21 - 09:25

Home Entretenimento Bafão Iggy Azalea relata como foi trabalhar com o pai de Britney Spears

Iggy Azalea relata como foi trabalhar com o pai de Britney Spears

Compartilhe:

Rapper australiana corrobora as histórias de abuso relatadas por Britney em seu depoimento.

Foto: Reprodução / YouTube

O depoimento que Britney Spears concedeu em tribunal sobre o caso de sua tutela continua repercutindo e vários artistas já demonstraram seu total apoio à cantora, incluindo nomes como Christina Aguilera e Justin Timberlake. E depois de responder cobranças sobre um posicionamento, Iggy Azalea resolveu falar e relatou como foi trabalhar com o pai de Britney, o atual tutor da cantora.

(Fonte: Reprodução)

A rapper australiana já tinha demonstrado seu apoio ao #FreeBritney e comentou que tinha entrado em contato com a cantora, mas agora ela foi além e corroborou os de abuso do pai de Britney Spears na época de “Pretty Girls”, parceria entre as duas artistas lançada em 2015.

O relato de Iggy mostra o quanto o pai de Britney é controlador e abusivo em relação à vida e à carreira da cantora.

“É de básica decência humana ao menos remover de sua vida uma pessoa que Britney identificou como abusiva. Isso deveria ser ilegal.

Durante o período que trabalhamos juntas em 2015, eu pessoalmente presenciei o mesmo comportamento que Britney detalhou semana passada em relação ao seu pai e eu quero apenas apoiá-la e dizer ao mundo que: ela não está exagerando ou mentindo.

Eu a vir ser impedida até das coisas mais bizarras e triviais: tipo quantos refrigerantes ela é permitida beber. Por que isso é ao menos necessário?

O pai dela esperou convenientemente até, literalmente, momentos antes de nossa performance no Billboard Music Awards quando eu estava nos bastidores no camarim e me disse que se eu não assinasse um Acorde de Confidencialidade ele não iria me deixar subir no palco.

A forma que ele usou para me fazer assinar um contrato, soou similar às táticas que Britney falou sobre na semana passada referente ao seu show de Las Vegas.

Parece que Jamie Spears tem o hábito de fazer as pessoas assinar documentos sob coação, e Britney Spears não deveria ser forçada a coexistir com esse homem quando ela deixou claro que está impactando negativamente sua saúde mental. Isso não está nada certo.”

(Fonte: PopLine)