| Última edição: 21/01/21 - 16:19

Home Notícias Coronavírus Índia promete enviar vacina contra Covid-19 para o Brasil nesta sexta-feira

Índia promete enviar vacina contra Covid-19 para o Brasil nesta sexta-feira

Compartilhe:

Índia promete enviar vacina contra Covid-19 para o Brasil nesta sexta-feira

Foto: Divulgação/Ministério da Saúde

Governo indiano havia suspendido as exportações para garantir a vacinação da população do país. Brasil receberá 2 milhões de doses

As 2 milhões de doses da vacina contra o coronavírus fabricadas na Índia e encomendadas pelo Brasil devem chegar nesta sexta-feira (22/1). A informação foi dada à agência Reuters pelo secretário de Relações Exteriores da Índia, Harsh Vardhan Shringla.

O imunizante é produzido pelo Instituto Serum, da Índia, que foi atingido por um incêndio nesta quinta-feira (21/1). Embora o acidente tenha provocado cinco mortes, a produção das vacinas não foi prejudicada, de acordo com jornais indianos.

Bangladesh, Mianmar e Ilhas Seychelles também estão na lista de países que receberão o imunizante Covishield, fabricado com a tecnologia da AstraZeneca e da Universidade de Oxford. Sri Lanka, Afeganistão e Ilhas Maurício ainda aguardam liberações regulatórias.

Segundo Harsh Vardhan Shringla, o início do fornecimento comercial da vacina indiana segue o compromisso firmado pelo primeiro-ministro Narendra Modi, de que as capacidades de produção da Índia seriam usadas para “toda a humanidade” combater a pandemia.

“Respondemos positivamente aos pedidos de países de todo o mundo para o fornecimento [gratuito] de vacinas manufaturadas na Índia, começando pelos nossos vizinhos”, anunciou Shringla.

Sobre o fornecimento das quantidades comercialmente contratadas, o secretário de Relações Exteriores da Índia afirmou que a distribuição começará por Brasil e Marrocos, seguidos de África do Sul e Arábia Saudita.

Um voo da Azul fretado pelo Ministério da Saúde estava programado para buscar os imunizantes indianos no dia 14/1. O avião chegou a viajar de Viracopos, em Campinas (SP), para o Recife, de onde partiria para a Índia. O voo para a cidade indiana de Mumbai foi adiado para o dia seguinte (15/1), mas acabou cancelado. (Fonte: Metrópoles)