| Última edição: 20/10/21 - 09:22

Home Entretenimento Bafão Ludmilla protesta contra Prêmio Multishow e cancela performance: “o sistema te boicota"

Ludmilla protesta contra Prêmio Multishow e cancela performance: “o sistema te boicota”

Compartilhe:

Uma representante das minorias, uma cantora negra, bissexual, funkeira, periférica, nunca mais fui indicada na categoria ‘Cantora do Ano’”, soltou.

Na segunda-feira (18) foram anunciados os indicados do Prêmio Multishow e quem não ficou nada feliz com o que viu foi Ludmilla. Apesar de ter sido indicada, ela sentiu falta de ser citada na categoria “Cantora do Ano“. Em seu Twitter, ela deixou claro que interpretou a situação como uma falta de reconhecimento do seu trabalho, principalmente por ser um grande exemplo de representatividade, como uma mulher negra e bissexual.

Ludmilla protesta contra Prêmio Multishow e cancela performance: "o sistema te boicota"
Fonte: Instagram


Sou a primeira cantora negra da América Latina a acumular 1 bilhão de streams só no Spotify, hoje são mais de 1.5 bilhão de plays nas plataformas. Meus clipes somam 2.5 bilhões de views, Rainha da Favela ficou meses entre as músicas mais tocadas. São os números que falam“, começou ela.

A cantora segue listando os grandes feitos que conquistou no ano de 2021. “Só esse ano lancei o Numanice ao vivo, projeto que impactou a cultura brasileira e revolucionou o mercado do pagode de um jeito jamais visto, por ser uma mulher a frente do projeto, projeto que garantiu o vídeo musical solo mais visto de 2021 por uma cantora pop brasileira“, ressalta.

Ela continua: “Deixa de Onda, Pra Te Machucar, Gato Siamês, Apê 1001, o Lud Session então nem se fala, tá na boca do povo. Desde quando ganhei a primeira vez e impactei todo o sistema por ser a primeira cantora negra a ser indicada e a vencer essa categoria em 26 anos de prêmio“.

Ludmilla foi indicada nas categorias “Hit do Ano” (Deixa de Onda) e “Clipe TVZ do Ano” (Rainha da Favela). No entanto, não foi o suficiente para ela.


Falta de reconhecimento pela representatividade de Ludmilla

A artista não esconde sua insatisfação: “É nítida a falta de reconhecimento e entendimento das (poucas) premiações que temos aqui no Brasil. Assim como eu, vários artistas de vários segmentos e bandeiras que mereciam ser indicados ou serem reconhecidos da mesma forma que entregam conteúdos para seus públicos e estão na mesma situação”.

Ela completa avisando que não vai mais cantar no Prêmio Multishow 2021, que está marcado para 8 de dezembro. “Venho por meio desse tweet avisar a todos e ao Multishow que não me apresentarei mais no prêmio esse ano. Obrigada pelo convite, mas onde não sou bem vinda prefiro não estar só por educação. Boa festa a todos“, completa.


Relembre a polêmica de Ludmilla no Prêmio Multishow 2019

No ano de 2019, Ludmilla ganhou o prêmio de “Cantora do Ano”, mas não foi só alegria. Ela acabou envolvendo em uma polêmica envolvendo a música “Onda Diferente“, parceria com Anitta, e acabou recebendo vaias dos admiradores da cantora.

Na plateia, fãs da Anitta soltaram algumas vaias e gritos de “Anitta eu Te amo” – Vale lembrar que Anitta selecionou fãs para ocuparem lugares na plateia, portanto, tinham muitos apoiadores dela lá.

Percebendo a situação, o saudoso apresentador Paulo Gustavo tirou um momento para valorizar a vitória de Ludmilla.
O segundo prêmio foi de Cantora do Ano. Ela ficou muito emocionada, chorou, e fez um discurso agradecendo até pelas vaias. “Desculpa a emoção”, disse ela. “Esse choro é um choro de uma luta muito grande e muito longa que estava presa dentro de mim“, soltou ela, completando com uma mensagem de empoderamento. “Se vocês têm um sonho, lutem como uma garota, que vocês vão conseguir“. Assista:
Nesse momento, a plateia começou a gritar “Lud, eu te amo”. De fato, Ludmilla tem história no Prêmio Multishow.

(Fonte: PopLine)