asdasdasdasd

Gaturiano revela que Cristina rasgou parecer e vereadora cobra discrição: “Debater dentro da Comissão”

por Karine Paixão 20 de Junho de 2018 às 11:56

Em meio a esse processo da apreciação do projeto da Escola Sem Partido, outra polêmica surgiu. Segundo o relator da Comissão de Educação, Gaturiano Cigano, a vereadora Cristina Costa, presidente dessa mesa comissão permanente, assinou o parecer favorável ao projeto de Lei n° 067/18, que institui nas escolas municipais o Programa Escola sem Partido,, mas rasgou para entregar outro contrário ao projeto onde constava apenas com a assinatura da petista. 

“Esse projeto teve o parecer da vereadora Cristina Costa também que é a presidente da comissão. Deu parecer favorável, eu como secretário dei o parecer e o vereador Cícero Freire que é o secretário também esse parecer favorável. (…) E aí num certo momento esse parecer que foi dado pela vereadora Cristina Costa e demais membros da comissão foi rasgado. E a vereadora está apresentando outro parecer contrário. Tem que perguntar a ela porque rasgou e apresentou um novo parecer, agora contrário (ao projeto)”, alegou. 

Questionada pela reportagem, Cristina Costa reforçou ter assinado o primeiro parecer aguardando que antes da apreciação do projeto houvesse a audiência pública para discutir a propostas com as entidades representativas. “Em primeiro lugar, eu tenho um parecer da Comissão de Justiça e Redação assinada pelos três pareceres solicitando uma audiência pública. Como é que eu tenho um parecer da Comissão de Educação solicitando uma audiência pública, onde a gente não dizia que era inconstitucional e nem constitucional o projeto, mas para ouvir a UPE, ouvir o Sindsemp, Conselho Municipal de Educação em que nós discutimos, o vereador Gaturiano quase não participa do conselho de educação. Então se nós tivemos isso aqui para pedir o diálogo para ouvir o pensamento porque necessariamente eu ia dizer que sou contra a esse projeto? É direito do debate. Em momento algum eu entrei na questão do conteúdo”. 

De acordo com Costa, nada a impedia de rasgar o parecer e solicitar que a secretaria imprimisse uma cópia para que nela constasse apenas as assinaturas do relator Gaturiano e o secretário, Cicero Freire, integrantes da Comissão de Educação. “Eu acho que o vereador Gaturiano, como membro da comissão, como relator da comissão de educação, se ele viu eu rasgar esse documento, se ele tem conhecimento desse rasgar de documento que ele possa seriamente debater dentro da comissão de educação. Aqui eu tenho um exemplo, eu jamais colocarei o exemplo de chegar ao vereador Gaturiano e dizer ' olha você tem toda a possibilidade'. Eu posso aqui dar um parecer e dizer que eu quero que retire a minha assinatura, eu posso tirar, rasgar o documento e dizer aqui: 'secretaria, faça outro documento com o mesmo conteúdo, agora só coloque os dois membros que concordam com isso”, porque eu tenho que respeitar”. 


Secretaria de Saúde registra apenas 25 atendimentos em cinco dias de São João em Petrolina

por Gabriela Canário 20 de Junho de 2018 às 11:32
categoria: Cotidiano

Além de ter sido considerado, pela Polícia Militar, um festejo tranquilo com relação à segurança no Pátio de Eventos Ana das Carrancas, o São João de Petrolina também apresenta dados tranquilizadores quanto ao número de atendimentos de emergência prestados pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência.

De acordo com a Secretária de Saúde do Município, Magnilde Albuquerque, foram registrados, até o momento, apenas 25 atendimentos. A maioria, ela acrescenta, situações comuns e sem gravidade. “Está sendo extremamente tranquilo. Foram 25 atendimentos, a maioria deles por excesso de bebidas e pressão alta. Um atendimento foi uma dor de dente. Nada grave e nada urgente”, explicou a gestora da pasta.

 


Após protesto conta Escola sem Partido, Osinaldo ataca manifestantes: “Se desse um fuzil saiam matando”

por Karine Paixão 20 de Junho de 2018 às 10:22



Durante a apreciação do projeto de Lei n° 067/18 de autoria do vereador Osinaldo Souza deixou a plateia composta por educadores, estudantes e representantes dos trabalhadores em educação exaltada na sessão desta terça-feira (19). Segundo a ementa apresentada ao plenário da casa, “cria no âmbito do sistema de ensino do Município, o Programa Escola Sem Partido e dá outras providências”, instituindo a “neutralidade política, ideológica do Município”.

A proposta foi duramente criticada pela bancada petista. Vereador Gilmar Santos, que também é professor, ressaltou tratar-se de um retrocesso no sistema educacional de Petrolina, convocando inclusive a manifestação da Secretaria Municipal de Educação acerca dessa alteração nas diretrizes do ensino local. 

A presidente da Comissão de Educação da Câmara Municipal, Cristina Costa solicitava uma audiência pública para debater com as entidades, mas também não atendida. O público presente endossava a necessidade do debate com a sociedade, revindicando que o projeto de Lei não fosse votado naquela manhã. Não foram ouvidos. 

Em meio a embates sobre ter ou não a discussão do projeto, o presidente da mesa diretora Osório Siqueira tentava restabelecer a ordem. Em meio ao tumulto, o secretário da mesa, Manoel da Acosap citou o regimento interno da Câmara e alegou desconhecimento da bancada petista sobre a possibilidade de pedir vistas do projeto antes que fosse anunciada a segunda votação da proposta no plenário. Já o vereador Ronaldo Cancão, reforçou que o projeto de nº067/18 tramitou na casa por 60 dias e nesse período nenhum pedido de audiência pública foi protocolado na casa. Cristina Costa rebateu ter solicitado, mas Cancão refutou. Após a sessão a vereadora mostrou a imprensa a solicitação protocolada por volta das 10h daquele mesmo dia. 

Ainda sob forte protesto da plateia, o líder da situação Aero Cruz discursou cobrando respeito do público presente. Recebeu uma saraivada de vaias em resposta. Acusando os oposicionistas de “jogarem para a plateia”, ele convocou sua bancada a votar a favor da Escola Sem Partido. 

A proposta foi aprovada por 14 votos a 04. Decepcionado com a situação, Robson Nascimento, presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Educação, regional Petrolina, afirmou que se o projeto da Escola Sem Partido for sancionado pelo prefeito Miguel Coelho a entidade ingressará um uma ação no Ministério Publico. “O projeto é inconstitucional, o vereador não tem competência nem intelectual e nem legal para legislar sobre essa matéria. Por isso estamos aqui na Câmara de Vereadores, para combater esse tipo de projeto. (…) O que está sendo colocado é uma visão unilateral de um seguimento autoritário e conservadora das elites brasileiras. Esperamos que o prefeito vete esse projeto e que esse veto seja mantido aqui na Câmara de Vereadores. Caso isso não ocorra nós vamos recorrer as instâncias judiciais, vamos fazer denuncia ao Ministério Público”. 

Autor do projeto, o vereador Osinaldo Souza garante que sua proposta é legal, criticou a bancada petista por não ter protocolado o pedido de audiência pública solicitada pelos manifestantes antes que o projeto fosse aprovado. “Estranha-me que queiram jogar para a opinião pública que tivesse qualquer vício de inconstitucionalidade  ou qualquer cosia que fosse ruim a sociedade. Pelo contrário. (…) Esse projeto está há 67 dias na casa, ninguém solicitou a audiência pública”.E

Osinaldo foi além: disse que a plateia exaltada fazia parte de uma claque orquestrada composta por pessoas, que se tivessem um fuzil, entrariam em uma sala de aula atirando. “Não já contaram não? Os mesmos 15 de hoje são os mesmos 15 que estão sempre gritando contra Petrolina. Eles ficam falando em democracia, mas são os mesmos 15 que ficam gritando aqui. Quero dizer que quem respeita Petrolina é essa casa. 15 pessoas que chegam aqui gritando são justamente as 15 pessoas que se desse um fuzil saiam matando todo mundo em sala de aula e no meio da rua”. 


Secretária de Saúde diz que não houve investigação de possível 'esquema de favorecimentos' porque denúncia é 'vazia'

por Gabriela Canário 20 de Junho de 2018 às 09:44
categoria: Saúde

A Secretária de Saúde de Petrolina, Magnilde Albuquerque, taxou como 'vazia' a denúncia do vereador Gabriel Menezes (PSL) sobre um possível esquema de corrupção na marcação de consultas pelo Sistema Único de Saúde de Petrolina, prejudicando o atendimento público no município. Em entrevista ao Nossa Voz, ela disse que não houve uma denúncia formal sobre o caso e que por isso não foi realizada uma investigação.

“Volto a falar sempre: eu preciso de nomes. A gente não pode fazer uma denúncia vazia. A gente não investiga porque não tem o que investigar porque não existe uma denúncia formal, nem com nomes. A gente tem um cuidado muito grande com reunião com a equipe de marcadores, fiscaliza, avalia de perto para quer não aconteça nenhum desvio de conduta ou forma errada de marcação desses atendimentos”, explicou a Secretária.

Todavia, no mês passado, após uma explanação de Magnilde Albuquerque sobre os serviços prestados a saúde do ano passado e no primeiro quadrimestre de 2018, o vereador Gabriel Menezes questionou a servidora sobre alguns parlamentares que estão com favorecimento na pasta e citou nomes. Ele chegou a afirmar que nos postos de Caititu e Dom avelar quem manda é Gilberto Melo; e no da Avenida dos Tropeiros - Pedro Raimundo e Ouro Preto, quem manda é o vereador Zenildo do Alto do Cocar. "Hoje eu não vou perguntar, vou afirmar: a senhora será prejudicada pelos vereadores – não todos – na bancada do prefeito tem vereadores sérios, mas têm vereadores que vão lhe comprometer", acusou à epóca.

E, sem medo, ele ainda mencionou os nomes e locais dos "favorecimentos". "Quero registrar que o próprio vereador que é presidente da Comissão de Saúde dessa casa, o vereador Gilberto Melo, é quem manda no Posto de Saúde do Caititú e manda na AME do Dom Avelar. Eu estou lhe afirmando. O vereador Zenildo, que é Secretário da Comissão de Saúde, é quem manda na AME da Avenida dos Tropeiros – lá no Pedro Raimundo – e é quem manda na AME do Ouro Preto. A senhora tem conhecimento disso?", questionou.

O espaço está aberto para pronunciamento do vereador Gabriel Menezes sobre o assunto.


Quinta noite do São João de Petrolina tem recorde de público com forró, sertanejo e arrocha

por Gabriela Canário 20 de Junho de 2018 às 08:55
categoria: Cotidiano

Os shows desta terça-feira (19), começaram com chuva, mas nem isso impediu que os petrolinenses que compareceram ao Pátio Ana das Carrancas mostrassem todo seu calor e energia. A plateia pareceu não se importar com uma das noites mais frias do mês de junho e lotou a casa, batendo o recorde de público deste ano com cerca de 90 mil pessoas. Mais uma vez, o público mostrou o motivo do festejo junino de Petrolina ser considerado o 'Melhor e Mais Forte São João do Brasil’.

O destaque da noite ficou a cargo das participações especiais durante os shows. Além das atrações Pega Leve; Devinho Novaes; Maiara e Maraísa; Gusttavo Lima e Jonas Esticado, subiu ao palco o jogador de futebol de Campina Grande (PB), Hulk.

A atração da casa, a banda Pega Leve, esquentou o friozinho da noite com um tradicional forró pé de serra. Em seguida, antes mesmo de Devinho Novaes entrar, a plateia já cantava em coro durante a passagem de som  o sucesso 'Baby Alô’, numa mostra da expectativa do público para o show. O coro só aumentou e durante as quase duas horas de apresentação, as cerca de 90 mil vozes cantaram junto com o cantor de arrocha.

Logo após, as gêmeas Maiara & Maraísa, cantaram sucessos sertanejos que arrancaram suspiros da plateia, como 'Quem ensinou fui eu’ e 'Medo bobo’. A quarta atração da noite cantou e encantou durante as quase três horas de apresentação: Gusttavo Lima se sentiu à vontade e durante seu show recebeu vários convidados. Devinho Novaes voltou e cantou mais uma vez 'Baby alô’, junto com o mineiro . Depois, mesmo de roupão, Maiara tomou conta do palco e confessou que não queria ir embora fazendo um dueto com Gusttavo Lima em canções de grandes nomes do sertanejo nacionais, como 'Cara ou coroa’, de Zezé de Camargo & Luciano e ‘Nascemos para cantar’, de Chitãozinho & Xororó. Outro que se arriscou a soltar a voz, foi o campinense e jogador de futebol Hulk, que aceitou o convite do amigo e cantou com ele um de seus maiores sucessos ‘Apelido carinhoso’. Finalizando o show, o anfitrião recebeu os gêmeos Breno & Caio Cesar para cantar mais uma música de sertanejo.

O público não arredou o pé do Pátio Ana das Carrancas até a última atração fazer seu show. A responsabilidade de encerrar o quinto dia do São João de Petrolina ficou a cargo de Jonas Esticado que fez os forrozeiros dançarem agarradinhos com as músicas ‘O feito tá feito’ e ‘Agora é tarde’.

‘O Melhor e Mais Forte São João do Brasil’ continua nesta quarta-feira (20) e promete casa cheia mais uma vez com  Jorge & Mateus; Simone & Simaria; Israel Novaes; Guerber Pereira; Andréa Vitória e Aldair Playboy. Os Shows começam pontualmente às 19h.


Em nota, família do radialista Carlos Augusto se retira da festa da Jecana

por Gabriela Canário 20 de Junho de 2018 às 07:08
categoria: Cotidiano

A família do radialista Carlos Augusto, encaminhou a imprensa de Petrolina, nota de esclarecimento sobre o cancelamento da 47ª.  Jecana Oficial do Brasil,  programada para acontecer nos dias 29,30 e 01 de julho. Os acertos já tinham sido concluídos bem antes do inicio das festividades juninas de Petrolina. De uma hora para outra os desentendimentos começaram a ocorrer, inclusive com supostas ofensas a família do radialista. Com isso, os filhos de Carlos Augusto em decisão unanime,   encaminhou nota esclarecendo  que a família se retira da festa, automaticamente a Jecana sai do programa.  Veja a nota de esclarecimento:


Cidade cenográfica encanta visitantes com forró pé de serra no Pátio Ana das Carrancas

por Gabriela Canário 19 de Junho de 2018 às 18:14
categoria: Cotidiano

Batizada de ‘Vila São Francisco’, a cidade cenográfica do Pátio Ana das Carrancas, tem encantado os visitantes do ‘Melhor e Mais Forte São João do Brasil’. Além da arquitetura que lembra os antigos arraiás petrolinenses, o lugar conta com forró pé de serra todos os dias.

A vila fica aberta das 20h30 às 2h diariamente e no espaço há mercearia; budega; lambe-lambe; igrejinha; prefeitura e também tendas com brincadeiras como roleta da sorte, jogo de argolas e escalada, completam o encanto e a diversão da ‘Vila São Francisco’.

Para o secretário de Cultura, Turismo e Esportes, Emicio Junior, o espaço foi pensado de maneira que toda família possa aproveitar os dias de São João. “Pensamos em um espaço para que as famílias e as pessoas que forem ao Pátio Ana das Carrancas possam aproveitar e se divertir, independente da idade. Além disso, é mais um espaço em que nossas atrações locais têm destaque diário e podem mostrar o trabalho desempenhado com o bom forró tradicional” afirma.

O São João de Petrolina é uma realização da prefeitura, através da Secretaria de Cultura Turismo e Esportes. Os shows no Pátio Ana das Carrancas vão até o dia 23 de junho e começam todos os dias às 19h.


Mais Luz: Com investimento superior a R$130 mil, Prefeitura amplia oferta de iluminação em dois bairros de Petrolina

por Gabriela Canário 19 de Junho de 2018 às 18:13
categoria: Cotidiano

Um dos programas de maior sucesso da gestão do prefeito Miguel Coelho, o Mais Luz chegou a duas novas comunidades da cidade. Com um investimento que ultrapassa os R$ 130 mil, a Prefeitura de Petrolina instalou 76 novos pontos de luz nos bairros Jardim Guararapes e Vila Eulália. Com a ampliação da oferta de iluminação pública, a ideia é aumentar a mobilidade das vias e torná-las mais seguras para a população.

Na Vila Eulália, as equipes da Secretaria de Infraestrutura, Mobilidade e Serviços Públicos (SEINFRA), trabalharam na Avenida Deyse Kelly. A via recebeu 16 novos postes de ferro, com 15 metros cada um, 920 metros de rede e 36 luminárias com lâmpadas de vapor metálico com 400 watts de potência. Um investimento de R$ 92 mil custeado com recursos próprios do município. A nova iluminação foi acesa no último sábado (16).

Com um investimento de pouco mais de R$ 41 mil reais, foram instalados nas ruas 1,3,4,10,11,12, 13 e 18 do Jardim Guararapes 1200 metros de rede e 40 novas luminárias com lâmpadas de vapor de sódio com 70 watts de potência. Os moradores de lá já contam com a nova iluminação desde o último dia 14. De acordo com o secretário da SEINFRA, Fred Machado, os investimentos em iluminação pública vão continuar em Petrolina. “O programa Mais Luz é reconhecido na cidade como mais um acerto do nosso prefeito Miguel Coelho. As comunidades beneficiadas até agora relatam a melhoria nas condições de moradia, mobilidade e segurança e por isso nós vamos seguir investindo recursos municipais a fim de ampliar cada vez mais a iluminação pública para a população petrolinense”, destaca Machado.


São João de Petrolina está tranquilo, garante Polícia Militar

por Gabriela Canário 19 de Junho de 2018 às 13:07
categoria: Segurança

O São João de Petrolina, que se estende até o dia 23 de junho, está tranquilo, é o que garante o Tenente Coronel André Rodrigues, do 5º Batalhão de Polícia Militar. Em entrevista ao Nossa Voz, ele explicou que os festejos não estão registrando muitos problemas. Neste ano, 180 policiais trabalham diretamente no Pátio de Eventos Ana das Carrancas, com seis plataformas e quatro patrulhas permanente circulando entre a população. Além da segurança privada, há câmeras de segurança no local.

Um posto do Alerta Celular também está no local, mas a população não aderiu ao programa criado pela Secretaria de Defesa Social para a recuperação de aparelhos celulares furtados ou roubados. “Esse mês foram recuperados 11 aparelhos furtos de assaltos ou roubos na cidade”. O comandante explica que o cadastro pode ser efetuado no local até de forma gratuita até as 4 da madrugada.

Para manter a segurança e evitar o extravio desses aparelhos, o Comandante faz algumas orientações básicas. “Se for fazer uso do aparelho celular, fique em um local movimentado e em companhia, se possível, perto da Polícia Militar. O meliante, em si, só espera a oportunidade”, pontuou.


Petrolina registra 86 homicídios no primeiro semestre de 2018

por Gabriela Canário 19 de Junho de 2018 às 12:57
categoria: Policial

Petrolina registrou 86 homicídios somente no primeiro semestre deste ano, de acordo com a Polícia Militar da cidade. Desse total, 56% dos casos ocorreram na Zona Rural do Município. Em entrevista ao Nossa Voz, o Comandante do 5º Batalhão de Polícia Militar, Tenente Coronel André Rodrigues, a PM possui dificuldade de atuar dentro dessas localidades, por alguns fatores, mas que a chegada do 2º Batalhão Integrado Especializado de Policiamento – BIEsp, com 200 policiais, deve otimizar a segurança na localidade.

Contudo, um fator importante, de acordo com o Comandante, deve-se ser levado em consideração. Nos últimos três homicídios, por exemplo, “é mais um problema de saúde pública e ação social”, pontuou Rodrigues. Ele explica que esses casos envolvem moradores de rua e motivações fúteis, como o roubo de uma galinha. Ele enfatiza ainda que os crimes foram realizados com armas brancas, em locais públicos e que não tem como haver uma 'previsão' para a Polícia Militar.