asdasdasdasd

“É um retrocesso”, afirma Cristina Costa sobre prédio da Delegacia da Mulher de Petrolina

por Milena Pacheco 31 de Outubro de 2019 às 10:33
categoria: Política

(Por: Iara Bispo/ Nossa Voz)

No plenário da Casa Plínio Amorim, nesta terça-feira (29), a vereadora Cristina Costa (PT) fez observações e pontuou pontos críticos sobre a nova estrutura da Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (DEAM) localizada na BR-428 em Petrolina. De acordo com a parlamentar, o novo endereço dificulta o acesso da população petrolinense.

(Foto: Ilustração)

A vereadora fez comparações com relação a estrutura predial e destacou: “Melhorou se comparado ao prédio anterior, que antes ficava no Centro da cidade. Pude observar que lá tem em torno cinco cartórios de homicídios e narcóticos, mas observei também que a retirada do prédio do Centro dificultou o deslocamento para as mulheres. As pessoas precisam pegar ônibus, às vezes dois coletivos. Não basta ter um prédio novo”.

Para a parlamentar, é preciso que o Governo do Estado e o Executivo municipal tomem as medidas necessárias. “Nós somos do Conselho da Mulher e vamos para cima cobrar. É preciso que o executivo municipal estruture melhor com relação ao sistema de informática, como também o sistema de refrigeração. Lá percebi que muitos computadores, já defasados, não funcionam, os teclados estão quebrados. Petrolina é uma cidade muito quente. Um dos ar condicionados não podem ser ligados por causa do barulho que acaba incomodando que está trabalhando”, disse.

“Essa delegacia é competência do Estado, mas ela está situada no município de Petrolina onde temos gestores e, nesse momento, a divergência política, ambos administram impostos pagos, que são pagos pela população Pernambucana onde Petrolina está inserida. É preciso sim, dos executores os políticos, do executivo, que administram o dinheiro público que tenham mais responsabilidades e mais respeito com os cidadãos e cidadãs Pernambucanas, não podemos viver naquela situação que se encontra a delegacia. E nesse sentindo damos encaminhamento ao presidente da Casa para encaminhar ao Governo do Estado um requerimento ao executivo para que possam juntos unir forças dentro desse orçamento de 2019 que vai ser aprovado em 2020 para que Petrolina tenha uma DEAM a altura das mulheres”, relatou Cristina Costa.