asdasdasdasd

Neto tem até a próxima semana para decidir sobre lei que proíbe arrastão

por Milena Pacheco 5 de Novembro de 2019 às 12:03
categoria: Política

Matéria de autoria de Henrique Carballal (PV) foi aprovada pela Câmara Municipal ainda em setembro

O prefeito ACM Neto (DEM) deixou para decidir sobre o projeto de lei que proíbe a realização do arrastão na Quarta de Cinzas no final do prazo permitido.

Foto: Luiz Felipe Fernandez/bahia.ba

A matéria, aprovada pela Câmara Municipal de Salvador ainda no mês de dezembro, precisa ser sancionada ou vetada pelo chefe do Executivo até a quinta-feira (14) da próxima semana.

Em caso de veto, os vereadores decidirão se os mantêm ou derrubam.

O bahia.ba apurou que a tendência é que o projeto, de autoria do vereador Henrique Carballal (PV), seja vetado, mas a certeza que assessores próximos ao prefeito tinham no início da polêmica não é a mesma.

Uma das instituições que Neto queria ouvir para decidir sobre a proibição era o Conselho Municipal do Carnaval (Comcar), que ainda em setembro o recomendou, por unanimidade, a sanção da lei.

Entre os vereadores da base do prefeito, existe a convicção de que um eventual veto seria derrubado graças aos esforços da bancada religiosa. O projeto foi aprovado com 38 votos a favor. (Fonte: Bahia.ba)