asdasdasdasd

Sérgio Cabral é interrogado na Lava Jato por Bretas

por Gabriela Canário 8 de Junho de 2018 às 07:47
categoria: Política

O ex-governador do Rio Sérgio Cabral (MDB) será interrogado nesta sexta-feira (8) em desdobramento da Operação Eficiência, da Lava Jato. A audiência será conduzida pelo juiz Marcelo Bretas, da 7ª Vara Federal Criminal.

No processo, ele é acusado junto aos doleiros Renato e Marcelo Chebar, além de seu ex-secretário Wilson Carlos e de seus assessores Carlos Miranda e Sérgio de Castro Oliveira, o Serjão.

Somente nesta denúncia, o grupo é acusado de ocultar e lavar cerca de R$ 40 milhões, guardados no Brasil; US$ 100 milhões depositados no exterior e mais quase R$ 10 milhões ocultados em joias, segundo o MPF.

O depoimento chegou a ser marcado quando Cabral estava em um presídio no Paraná, em fevereiro, mas seu advogado alegou que não conseguia defendê-lo à distância e o ex-governador ficou em silêncio.

Em abril, Cabral conseguiu um habeas corpus no Supremo Tribunal Federal (STF) permitindo seu retorno ao Rio. A medida foi assinada pelo ministro Gilmar Mendes, que determinou também investigação sobre a transferência de Cabral para Curitiba.

Quando chegou na capital paranaense, o ex-governador foi fotografado algemado nos pés e nas mãos. O ministro do STF pediu a abertura de um inquérito para saber se houve abuso no uso de algemas. A Procuradoria Geral da República quer o arquivamento do inquérito e diz que não cabe ao STF fazer investigações.

Um dia antes da audiência, na quinta, Cabral foi denunciado em outro processo da Lava Jato - a Operação Câmbio Desligo. Ele já é réu em mais de 20 processos e foi condenado em cinco, totalizando mais de 100 anos de prisão.

G1