| Última edição: 04/06/21 - 11:58

Home Brasil Celebridades Ricky Martin sobre pressão para se assumir gay: “Me senti violado”

Ricky Martin sobre pressão para se assumir gay: “Me senti violado”

Compartilhe:

Cantor firmou que entrevista polêmica, feita em 2000, ainda o assombra

Foto: Reprodução/Instagram

Casado com o artista plástico Jwan Yosef desde 2017, o cantor Ricky Martin abriu o jogo sobre a pressão que sentia em relação à sua vida pessoal até 2010, quando decidiu se assumir gay publicamente. O desabafo foi feito pelo artista em entrevista à People.

“Muitas pessoas disseram: ‘Ricky, você estava tentando provar a si mesmo, por causa da fama e de ser um símbolo sexual”, recordou o cantor. “Mas sexualidade é uma coisa complicada. Não é preto e branco. É cheio de cores. Quando estava namorando mulheres, eu estava apaixonado por elas. Parecia certo, era lindo. Você não pode fingir química – a química estava lá com elas, não enganando ninguém. ”

Ricky ainda recordou uma entrevista, concedida em 2000, quando a apresentadora Barbara Walters perguntou sobre a sexualidade dele em rede nacional, sugerindo que ele respondesse objetivamente com um “sim ou não” se era gay. Na ocasião, ele ficou visivelmente desconfortável e reclinou a pergunta. “Eu simplesmente não estou com vontade de responder”, disse.

Mais de 20 anos se passaram e o momento ainda o assombra. “Quando ela fez a pergunta, me senti violado porque simplesmente não estava pronto para contar. Fiquei com muito medo”, diz.

Aos 49 anos de idade, Ricky é pai dos gêmeos, Matteo e Valentino, de 12 anos, Lucia, de 2 anos, e Renn, que teve seu nascimento anunciado em outubro de 2019. Atualmente, o porto-riquenho se prepara para o lançamento de um novo álbum, intitulado Play.

Fonte: Metrópoles