asdasdasdasd

Prefeitura reúne entidades de segurança e discute formação dos novos Guardas Civis de Petrolina

por Karine Paixão 16 de Janeiro de 2020 às 13:13
categoria: Segurança

 

Os detalhes para a inauguração do Centro Municipal de Ensino e Pesquisa em Segurança Pública (CMEPS) de Petrolina estão sendo ajustados para a entrega na próxima semana. Mas, já tem sala de aula sendo utilizada na preparação do curso de formação da Guarda Civil Municipal, etapa final do concurso público em andamento que começa na próxima segunda (20). O encontro pedagógico foi realizado nesta quarta-feira (15), com a participação de representantes ligados às entidades de segurança pública.

Na ocasião, foram discutidos o direcionamento, estrutura e organização do curso de formação, que será para 80 alunos. Participaram do encontro pedagógico representantes da Secretaria Executiva de Segurança Pública de Petrolina, Guarda Civil Municipal, Polícia Militar, Polícia Rodoviária Federal, Corpo de Bombeiros, Senac, bem como da banca organizadora do certame o Instituto de Desenvolvimento Institucional Brasileiro (Idib).

A obra do Centro Municipal de Ensino e Pesquisa em Segurança Pública (CMEPS) está sendo tocada pela Secretaria Executiva de Segurança Pública, em parceria com o Idib. A sede está localizada no Parque Josepha Coelho. A estrutura contará com três salas de aula – uma delas pode ser convertida em auditório -, coordenação, sala dos professores e secretaria escolar. Além de servir para as capacitações da GCM e da Defesa Civil, o local também será usado como instrumento de integração social.


Operação Papai Noel é lançada em Petrolina para intensificar segurança no comércio da cidade

por Milena Pacheco 19 de Novembro de 2019 às 10:17
categoria: Segurança

Serão 50 dias de policiamento ostensivo nas ruas do centro de Petrolina, 19 dias a mais do que a da operação realizada no ano passado.

Foi lançada nesta segunda-feira (18) a Operação Papai Noel em Petrolina, no Sertão de Pernmabuco. Serão cerca de 60 homens a mais, entre policiais civis, militares, agentes de trânsito e da Guarda Municipal, garantindo a segurança no comércio da cidade. A ação segue até 7 de janeiro de 2020.

Serão 50 dias de policiamento ostensivo nas ruas do centro de Petrolina, 19 dias a mais do que a da operação realizada no ano passado. “A operação Papai Noel foi pensada para dar mais segurança a população petrolinense, garantindo um incremento no Centro da cidade, em torno de 40 policiais a mais diariamente no centro da cidade, garantindo esse policiamento”, garantiu a delegada da Polícia Civil, Isabella Pessoa.

Além das rondas móveis realizadas por homens das polícias militar, civil e guarda municipal, este ano uma das novidades é a instalação de um ponto fixo na Rua Souza Júnior. “Estamos dando andamento novamente a Operação Papai Noel e vamos fazer o lançamento de 25 policiais militares, dentre eles, teremos o lançamento de algumas viaturas, incluindo o pessoal do motopatrulhamento. Teremos também reforço nos bairros periféricos”, esclareceu o major comandante do 5º BPM, Marcondes Ferraz.

A operação em Petrolina será realizada em parceria entre as forças de segurança, a Câmara de Dirigentes de Lojistas (CDL) e o Sindicato do Comércio Varejista de Petrolina (Sindilojas).

“O objetivo é melhorar o ambiente de segurança, de um modo geral, para o lojista, para o consumidor, a sociedade de um modo geral. É um período que aumenta muito o movimento de pessoas no centro da cidade e há necessidade de segurança”, disse o representante da CDL, Valdivo Carvalho.

Conforto tanto para os consumidores quanto para os lojistas. “A CDL, o Sindlojas e as forças se reúnem para que a gente crie essa parceria nessa operação, para passar essa sensação de segurança para o lojista, o consumidor e a população em geral”, reforçou o presidente do sindlojas, Joaquim de Castro. (Fonte: G1)


Guardas Municipais de Petrolina agora terão coletes balísticos

por Milena Pacheco 18 de Novembro de 2019 às 11:06
categoria: Segurança

Nesta segunda-feira (18), a Guarda Civil Municipal (GCM) receberá coletes balísticos. O investimento foi de quase R$ 130 mil e a entrega será feita pelo prefeito do município, Miguel Coelho durante solenidade que acontece a partir das 17h na sede do órgão.

Essa é a primeira vez que os agentes irão receber este tipo de Equipamento de Proteção Individual (EPI) desde que a GCM foi criada, há 25 anos. Segundo a prefeitura, de 2017 para cá, a atual gestão já investiu mais de R$ 2 milhões na GCM, com a renovação de viaturas que aumentaram de sete para mais de 30, confecção de uniformes e realização de concurso público. Além disso, também está sendo construído o Centro de Ensino e Pesquisa de Segurança Pública Municipal e está sendo finalizado o processo de compra dos armamentos e munição.


Ruas de Cabrobó devem ganhar sistema de monitoramento por câmeras

por Redação Nossa Voz 14 de Março de 2019 às 10:15
categoria: Segurança

 

O prefeito de Cabrobó-PE, Marcílio Cavalcante anunciou que vai abrir um processo licitatório para aquisição do Sistema de Monitoramento por Câmeras. O objetivo é aumentar a segurança de quem trafega pelas ruas do município, além auxiliar no monitoramento, em tempo real, da Polícia Militar em pontos estratégicos da cidade.

 

A resolução foi acertada durante reunião que contou com a autoridades políticas, judiciárias e da área da segurança na última terça-feira (12). Também foi decidido que vai ser criada uma agenda de reuniões periódicas para avaliar ações na área de segurança.

Participaram do encontro, o Juiz da Comarca Dr, Frederico Damato, Promotor de Justiça Igor Pacheco, Delegado Regional Emanuel Caldas e Delegado Titular de Cabrobó Elionai Filho Comandante da 2º CIPM Major Ivanildo Moura, Presidente da Câmara de Vereadores Dim Saraiva, e o assistente Jurídico Rony Russo.

Por Mário Souza


Delegada Isabella Fonseca deixa Delegacia da Mulher assume Seccional de Petrolina

por Redação Nossa Voz 8 de Março de 2019 às 11:02
categoria: Segurança

Uso excessivo de álcool e ciúmes, essas são as principais motivações dos casos de violência contra mulher registrados em Petrolina-PE. No Nossa Voz desta sexta-feira (08), as delegadas Isabella Fonseca e Sara Machado participaram do programa e falaram sobre as ações de combate a esse tipo de violência e também anunciaram mudanças na delegacia especializada.

A delegada Isabella Fonseca, que permaneceu à frente da Delegacia da Mulher do município por cerca de um ano, acaba de assumir a Delegacia Seccional de Petrolina, substituindo o delegado Marceone Ferreira que vai atuar como gerente de Operações Especiais. Lembrando que a seccional abrange as delegacias de Petrolina, Afrânio e Dormentes.

Agora quem vai ficar responsável pela Delegacia da Mulher é a delegada titular Raquel Rabelo e a delegada adjunta da Mulher, Sara Machado. “É um desafio muito grande. Assumi ontem (7) a Delegacia da Mulher e pela primeira vez estou numa especializada”, comentou Sara.

Violência contra mulher

A delegada Isabella disse ao Nossa Voz que houve um aumento no número de denúncias relacionadas ao abuso e violência contra as mulheres em Petrolina. “Entre 2017 a gente teve um incremento do número de registros. Isso não significa que o número de vítimas está aumentando, mas sim que elas estão denunciando mais. (…) Mulheres que passaram anos sofrendo, estão rompimento o silêncio e o ciclo de violência”, explicou Isabella Fonseca.

Plantão no Fim de Semana

Um pedido antigo das delegadas é a inclusão do plantão de fim de semana na Delegacia da Mulher. “Ainda não temos esse plantão, inclusive é um pleito antigo. Mas é importante que as mulheres de Petrolina saibam que não estão sem assistência. A Delegacia do Ouro Preto está de portas abertas pra qualquer ocorrência”, destacou a delegada Sara Machado.


Levantamento mostra redução de 32,5% nos homicídios no mês de janeiro em Pernambuco

por Redação Nossa Voz 15 de Fevereiro de 2019 às 08:11
categoria: Segurança

Janeiro de 2019 foi o 14º mês consecutivo de redução dos Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLIs) em Pernambuco. Com 305 homicídios, o mês teve 32,5% menos casos que janeiro de 2018, quando foram registradas 452 mortes – a diferença significa 147 vidas salvas este ano. Considerando apenas os janeiros de cada ano, o último foi o com menor número de pessoas assassinadas em Pernambuco desde 2014. Essa queda se refletiu em todas as regiões do Estado, com destaque para a Região Metropolitana do Recife (RMR), que apresentou retração de 46% nos crimes contra a vida. Ainda no mês passado, 97 municípios desconheceram assassinatos e outros 79 apresentaram queda em comparação a 2018.

 

Na série histórica, janeiro passado teve menor quantidade de homicídios em relação aos quatro janeiros anteriores: de 2018 (452 óbitos), 2017 (478), 2016 (354) e 2015 (323). Ficou acima penas de janeiro de 2014 (256). “Somente no primeiro mês deste ano, 201 homicidas foram presos pelas polícias, sendo 88 em flagrante e 113 em cumprimento de mandados. Começamos 2019 centrando esforços nas operações de repressão qualificada, essenciais para o enfrentamento ao crime organizado, responsável por mais de 70% dos CVLIs”, detalhou o secretário.

Números do Sertão

No Sertão, que somou 34 homicídios, a queda chegou a 22,7%, quando comparado com janeiro do ano passado, que teve 44 ocorrências. Nas 61 cidades do Sertão Pernambucano que compõem a Diretoria Integrada do Interior 2 (Dinter 2), incluindo Petrolina, Salgueiro, Serra Talhada e Arcoverde, não houve nenhum homicídio nos dias 2,3,5,7,9,10,12,13,17,19,24 e 30 de janeiro de 2019.

Ainda no Sertão, destaque para os dez municípios que compõem a Área Integrada de Segurança 24, com sede em Ouricuri, registrando o menor número de crimes contra a vida dos últimos 161 meses e empatando, em números absolutos, com o mês de agosto de 2005.

Motivações

Dos 305 crimes contra a vida registrados no mês passado, aproximadamente 71,47% (218) foram motivados pelo tráfico de drogas, acerto de contas ou outras atividades criminais. Logo em seguida, aparecem os homicídios originários de conflitos na comunidade, também chamados de crimes de proximidade  (16,39%, ou 50 casos). Os conflitos afetivos ou familiares (excetuando-se os feminicídios) aparecem na terceira posição, com 11 ocorrências (3,61%). Na quarta, estão os latrocínios (9 mortes, ou 2,95% do total). Por fim, vem o feminicídio, com 7 (ou 2,3% das motivações) mulheres assassinadas pela condição de mulher. 

Estupros

Os casos de estupro apresentaram queda de 32%. No total, foram 149 denúncias registradas no mês passado, contra 220 notificadas, no mesmo período do ano passado.

Cidades sem crimes violentos

Ao todo, 97 municípios pernambucanos, não registraram Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLI) em janeiro de 2019. Entre as cidades do Sertão estão nessa lista: Afrânio, Belém de São Francisco, Bodocó, Cabrobó, Cedro, Dormentes, Exu, Granito, Ipubi, Moreilândia, Orocó, Ouricuri, Parnamirim, Petrolândia, Santa Cruz, Santa Filomena, Santa Maria da Boa Vista, Serrita e Trindade. 

Foto: Reprodução Internet


Polícia Militar e CSTT intensificam policiamento e fiscalização no trânsito de Juazeiro

por Redação Nossa Voz 13 de Fevereiro de 2019 às 17:00
categoria: Segurança

A Polícia Militar e a Companhia de Segurança, Trânsito e Transporte (CSTT) iniciaram ontem (12) a Operação ‘Fecha Juá’, que segue até a próxima quinta-feira (14), período que antecede o Carnaval de Juazeiro. De acordo com o Tenente Bruno Reis de Oliveira, o objetivo da Operação é intensificar as ações de policiamento e fiscalização de veículos nas proximidades do circuito do carnaval antecipado de Juazeiro-BA.

O mototáxi Cosme José da Silva, legalizado há seis anos, destaca a importância desta ação. “É muito positiva essa parceria da CSTT com a PM, principalmente nesse período de festa porque vai coibir muitas coisas como assaltos, acidentes com pessoas alcoolizadas e, inclusive, o mototáxi clandestino que é nossa principal reivindicação”, destaca.

O diretor-presidente da CSTT, Damião Medrado, esclarece que essa será a primeira de muitas ações em parceria com a PM. “É de nosso total interesse dar continuidade com essa parceria com a Polícia Militar e a Polícia Civil de Juazeiro. Essa união das forças de segurança é muito benéfica para nossa população”, ressaltou Damião.

Foto: Divulgação


Carnaval de Petrolina: garrafas de vidro e coolers vão ser proibidos no circuito

por Redação Nossa Voz 9 de Fevereiro de 2019 às 11:35
categoria: Segurança

A Prefeitura de Petrolina reuniu diversos órgãos de segurança, ontem (8), para discutir o planejamento do Carnaval 2019. O encontro ocorreu na Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turismo (SEDETUR). Participaram da reunião,  representantes da Secretaria de Infraestrutura, Mobilidade e Serviços Públicos (SEINFRA); Ammpla; Disciplinamento Urbano; Guarda Civil Municipal; Polícia Militar; Corpo de Bombeiros; Polícia Civil e Vara da Infância.

De acordo com o secretário de Desenvolvimento Econômico e Turismo, Emicio Junior, um dos pedidos da Polícia Militar é que seja proibida a entrada de garrafas de vidros e coolers dentro do circuito.  A PM disse que assim vai ser melhor pra garantir a segurança.

Todas as medidas de segurança deve ser apresentadas na segunda-feira (11), pelo prefeito da cidade, Miguel Coelho, durante o anúncio oficial da festa. 

Foto: Divulgação


"Não é uma fórmula matemática simples", diz secretário sobre fusão de agentes de trânsito com a Guarda de Petrolina

por Redação Nossa Voz 1 de Fevereiro de 2019 às 11:29
categoria: Segurança

Nesta sexta-feira (01/02) o secretário-executivo de Segurança Pública de Petrolina, José Silvestre esteve no programa Nossa Voz para falar sobre as mudanças que a administração municipal vem fazendo nas forças de segurança do município. Entre os principais assuntos estão o concurso da Guarda Municipal, que está com inscrições abertas, além da polêmica proposta de fusão dos agentes de Trânsito com a Guarda.

Sobre o concurso, José Silvestre comentou que o certame tem como meta diminuir o déficit do efetivo. "Nesse primeiro momento a gente tá recomplentando um número expressivo, que seria 30% do efetivo. Atualmente temos cerca de 120 homens, vamos colocar 40 e mais 40 do cadastro reserva. Não é o ideal (...) mas é algo que a gente tem que ir construindo", justificou José Silvestre.

Com relação ao cadastro reserva anunciado no certame, Silvestre explicou que: "O concurso é longo, tem duas epatas, tem curso de formação, que dura três meses. (...) Então você otimiza de maneira a colocar os 80 para fazer o curso de formação. Então a gente já fica com o pessoal formado dentro do concurso".  

José Silvestre também comentou sobre o novo papel da Guarda na segurança pública de Petrolina. "Nós estamos mudando o modelo de atuação desde o último ano, quando instalamos a ronda ostensiva municipal. E do segundo semestre de 2018 pra cá, intensificamos essa mudança do padrão de atuação para o patrulhamento, para o policiamento preventivo, que em nada concorre com a Polícia Militar", relatou.

Sobre a proposta polêmica de incorporação dos agentes de Trânsito à Guarda, José Silvestre informou que o projeto está sendo revisto para ser novamente enviado para a Câmara de Vereadores. "Isso ainda está sendo fechado, não temos uma fórmula pronta. Estamos vendo o que é melhor tanto para o município quando para a própria categoria. O que a gente tá pensando em tentar implementar agora é uma integração maior entre as forças do município", afirmou o secretário.

Com relação a diferença salarial entre agentes e guardas José Silvestre reconheceu que esse vai ser um processo delicado. "Tem sim (essa diferença), isso tambem tem que ser levado em consideração. Não é uma fórmula matemática simples, mas estamos no caminho certo", garantiu.


"Não é o local que causa acidente, é a condução", diz Paulo Lima sobre Av. Sete de Setembro

por Redação Nossa Voz 22 de Janeiro de 2019 às 16:00
categoria: Segurança

No programa Nossa Voz desta terça-feira (22), o inspetor chefe da Polícia Rodoviária Federal, Paulo Lima, concedeu entrevista para falar sobre o balanço da Lei Seca em Petrolina, divulgado na semana passada. De acordo com o Inspetor Chefe, ao todo foram quase 16.250 testes de alcoolemia realizados, 567 condutores autuados e 47 presos no município.

Entre os assuntos destacados durante a entrevista, Paulo Lima comentou sobre os acidentes registrados na Avenida Sete de Setembro que, segundo relatos de ouvintes do Nossa Voz, teriam aumentado depois das obras feitas pelo Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT). 

O inspetor chefe da PRF garantiu que, na verdade, houve uma redução dos números de acidentes e não aumento. "Na análise da Polícia Rodoviara, o número hoje é inferior. E a maioria dos acidentes ocorrem por culpa exclusiva do condutor. Não é o local que causa acidente, é a condução", enfatizou Paulo Lima.

O inspetor chefe garantiu ainda que 90% dos acidentes registrados na Avenida Sete de Setembro foram causados pela condução inadequada. Mas reconheceu que falta, por exemplo, espaço para os ciclistas transitarem no local. "Com a ampliação, os ciclistas ficaram sem local de conduzir. Antigamente eles usavam o acostamento. Hoje com as quatro vias, você não tem. Tem que ser feita uma reparação por parte da área de engenharia", sugeriu Paulo Lima.