asdasdasdasd

Vereador tenta aprovar adendo à Ata da reunião que reelegeu Adelucia e polemiza

por Gabriela Canário 8 de Junho de 2018 às 07:32
categoria: Sertão do Araripe

A reunião de vereadores de Ouricuri da última terça-feira (05) foi intensa, a nova bancada de oposição tentou aprovar um adendo proposto pelo vereador Iran Severo à ata da reunião de 18 de maio dia da eleição que reelegeu Adelucia Cléa, Presidente da mesa diretora para 2019/2020. O vereador sugeriu que fosse acrescentada à ata, sugestões dadas durante seu pronunciamento, cobrando que fosse formada uma comissão para presidir a sessão de eleição, mencionou também a ilegalidade da posse do vereador Nania de Santa Rita que substituiu o vereador Gildejânio Melo (que está em presídio de Petrolina), alegando que o requerimento de Gildejãnio solicitando licença não havia sido apreciado e entre outras questões.

O vereador questiona que a mesa não foi comunicada sobre a sessão solene de posse, mas o adicional foi reprovado, e ele criticou os colegas. “Tudo o que esta neste adendo é verdadeiro, infelizmente eu lamento muito, a eleição já passou e os trabalhos devem continuar com transparência e com verdade, podemos esconder de nós mesmos, mas não do povo, e a imprensa tem tudo gravado”, disse o vereador

A vereadora Delvânia Sobral também criticou o comportamento dos vereadores, ela disse que estava envergonhada e muito decepcionada, já o vereador Giba, vice-presidente não concordou com as reclamações dos vereadores, disse que isso era pressão e defendeu as decisões da casa. “A eleição foi muito tumultuada, nunca vi uma eleição tão tumultuada como essa, os vereadores fizeram, pressão, eles levaram à justiça, ao juiz, querendo anular a posse de Nanias. Quer dizer que Nanias só serve para aprovar projetos e para votar não serve?. O juiz já disse que é legal, e eles andam atropelando a palavra da presidente, to achando que tem que aprender discutir e respeitar as ordens que são dadas pela presidente”, disse ele.

Cidinha Medrado