| Última edição: 29/09/21 - 08:48

Home Entretenimento Cinema VÍDEO COMPARA ATUAÇÃO DE CARLA DIAZ COM DEPOIMENTO DE SUZANE VON RICHTHOFEN:...

VÍDEO COMPARA ATUAÇÃO DE CARLA DIAZ COM DEPOIMENTO DE SUZANE VON RICHTHOFEN: ‘ARREPIANTE’, DIZ INTERNAUTA

Compartilhe:

Publicação no Twitter chamou atenção de internautas diante da atuação da artista em ‘A Menina que Matou os Pais’ e ‘O Menino que Matou Meus Pais’

Foram lançados na última sexta-feira, 24, os filmes ‘A Menina que Matou os Pais’ e ‘O Menino que Matou meus Pais’, que reproduzem o brutal crime orquestrado por Suzane von Richthofen ao lado de Daniel e Cristian Cravinhos.

Com a atriz Carla Diaz na pele da mulher que foi condenada por matar os próprios pais, os filmes são esperados pelo público desde 2019.

Diante da estreia, muitas foram as reações que destacavam a semelhança entre o real e a ficção. Afinal, os filmes dirigidos por Maurício Eça contam com um roteiro baseado no que foi dito pelos criminosos durante os julgamentos, assim deixando de lado o que era mito.

Divulgação

Uma dessas reações destaca a incrível maneira como Carla conseguiu reproduzir  o modo de falar de Suzane.

‘Arrepiante’

Em um vídeo que repercutiu entre internautas, é comparada a fala da condenada, enquanto julgada, com o depoimento do personagem no filme. O vídeo original em questão foi divulgado no Fantástico, em 2006. 

“Comparar Suzane à personagem é arrepiante… Carla Diaz foi impecável, se consolidou como uma das maiores atrizes nacionais e infelizmente subestimada, falo isso com tranquilidade. O ponto alto dos filmes foi de fato a atuação dos dois protagonistas”, escreveu a internauta que fez a publicação.

Em seguida, outra conta fala sobre como deve ter sido difícil encarar o papel. “Imagina fazer um papel como esse? Não deve ser nada fácil, entrar no personagem como esse”, escreve.

“O tom da voz, a frieza. isso tá muito, Carla Diaz deu o nome dela”, diz outra resposta no Tweet que divulgou o vídeo.

‘Tem que ser você’

Em entrevista ao Globo no começo deste ano, a atriz falou sobre os desafios de viver Suzane no cinema. Carla disse ter visto não apenas entrevistas, mas também ter lido livros e documentários. 

“Fiz um monólogo baseado nos autos do processo. Quando terminei, ficou o maior silêncio no estúdio e pensei: “Ih, tá uma merda”. No dia seguinte, o produtor e o diretor me disseram: “Tem que ser você, e correndo, as gravações vão começar”. Pela primeira vez, faço uma personagem baseada num caso real e que está viva”, disse ela durante entrevista ao Globo, em abril deste ano.

Divulgação/ Galeria Distribuidora e Santa Rita Filmes

A atriz também falou sobre a necessidade de se distanciar sobre o que pensava do ato de Suzane.

“Quando soube que a personagem era minha, tive que me distanciar do meu julgamento pessoal para conseguir interpretá-la sem fazer juízo de valor. Afinal, assim como todo mundo, fiquei muito chocada com o que ela fez. Como Suzane era, só quem a conheceu pode dizer. Me baseei nos roteiros, nas informações dos autos do processo, no que ela falou no tribunal. São duas Suzanes diferentes: uma que, na versão dela, divide a culpa com o namorado; a outra, que é culpada por ele. Não sei qual se aproxima mais da verdade”, explicou.

Abaixo, você confere o vídeo completo que mostra trechos do depoimento de Suzane. 

(Fonte: aventuras na historia )