asdasdasdasd

Pernambuco tem os noves meses mais violentos do Pacto pela Vida

por Redação Nossa Voz 16 de Outubro de 2017 às 07:44
categoria: Violência

Em nove meses, o Estado de Pernambuco já tem o ano mais violento do Pacto pela Vida, com o registro do maior número de homicídios para o período desde 2007, quando foram contabilizados 3.479 assassinatos entre os meses de janeiro e setembro, ante os 4.145 cometidos este ano. Em relação aos 3.149 casos de 2016, o crescimento no registro de homicídios no período chega à marca de 32%.

Por mais que o Governo do Estado se esforce para tentar camuflar a realidade, os números falam por si, e revelam o aumento constante da criminalidade desde 2014. Infelizmente, nos nove meses de 2017 já foram cometidos mais assassinatos que em todo o ano de 2015, quando foram registrados 3.889 casos de crimes violento letais intencionais. Também em relação aos crimes contra o patrimônio, os 93.851 casos registrados até setembro já superam os 84.945 contabilizados em todo o ano de 2015.

Apenas no governo Paulo Câmara, que tem como marca a falta de compromisso com o Pacto pela Vida, já foram cometidos mais de 12.500 assassinatos. Desde de o início da atual gestão, a Bancada de Oposição alerta para a necessidade de se resgatar os princípios do Pacto pela Vida, sobretudo no tocante à transparência e à participação da sociedade, mas infelizmente falta humildade ao governo para reconhecer a importância de repactuar o programa.

Na próxima quinta-feira (19), a pedido da Oposição, a Comissão de Administração Pública da Assembleia Legislativa de Pernambuco realizará audiência pública sobre o Pacto pela Vida. Nós, da Oposição, estamos à disposição para ajudar a construir uma saída para este quadro, e esperamos que os representantes do Governo venham igualmente dispostos a realizar um debate franco sobre o problema, e não com o espírito de esconder a realidade vivida pelos pernambucanos, como têm feito nesses últimos 33 meses.


Homem é morto a tiros por motoqueiro no Bairro João de Deus

por Simone Marques 13 de Outubro de 2017 às 06:52
categoria: Violência

De acordo com informações, o crime ocorreu por volta das 19:30. Um homem em uma moto de cor e modelo não identificado, teria disparado cinco tiros contra a vitima que veio a óbito no local, o assassino tomou destino ignorado. 

Ainda segundo informações, a vítima que era conhecida por Rato teria já teria sofrido uma tentativa de homicídio a poucos dias, e teria discutido com um homem horas antes do assassinato, o mesmo era ex presidiário e costumava praticar roubos no bairro. 

 

Segundo a polícia, o crime está sendo investigado. Ninguém foi preso.


Após discussão, homem é morto a facadas em restaurante em Juazeiro BA

por Simone Marques 13 de Outubro de 2017 às 06:46
categoria: Violência

Nesta quinta-feira (12), por volta das 17h um homem foi morto a facadas em um restaurante do Mercado do Produtor de Juazeiro-BA.

Segundo informações, a vitima foi esfaqueada diversas vezes nas costas. O homem identificado por Joaquim Epifânio da Costa Neto, 33 anos, residente na rua Linha de Ferro no bairro João XXIII. O acusado do crime Evandro da Silva e Joaquim discutiram no interior de um restaurante, e Evandro não satisfeito saiu do local e voltou logo em seguida e desferiu golpes de faca nas costas da vitima e fugiu do local tomando destino ignorado.


Crimes de proximidade aumentam em Petrolina

por Redação Nossa Voz 4 de Outubro de 2017 às 08:59
categoria: Violência

Ao contrário dos índices no estado de Pernambuco, houve uma queda no número de homicídios ocorridos nas três cidades da área de cobertura do 5º Batalhão de Polícia Militar no último trimestre. Petrolina, Afrânio e Dormentes registraram 28 homicídios, uma queda de 22,3% nesse tipo de ocorrência nos meses de julho, agosto e setembro, comparados ao mesmo período do ano passado, com 36 homicídios.

“O efetivo receberá o Prêmio de Defesa Social por ter reduzido os números de homicídios”, destacou o Tenente Coronel, André Rodrigues. No período compreendido neste ano, ocorreram 28 homicídios, contra 36 no ano passado. Esta redução é a maior do estado, sendo que a demanda maior das ocorrências é em Petrolina, pelo número de habitantes ser bem maior que as outras duas cidades.

Crescem crimes de proximidade

Um crime bárbaro na noite desta terça-feira, dia 03, chamou a atenção de toda Petrolina. Um homem conhecido como Paulista, foi degolado no Monsenhor Bernardino. Um dia antes, a vítima deu entrada no Hospital Universitário depois de uma tentativa de homicídio por parte do enteado dele. “O que nos chama a atenção é como ocorreu [o crime]. Leva a entender que tem um grau de proximidade entre autor e vítima”, comentou Coronel André.

Conhecido como crime de proximidade, que, como o próprio termo já sugere, existe um grau de aproximação entre os envolvidos, está se tornando cada vez mais comum em Petrolina. O Tenente Coronel André Rodrigues explica que esses crimes estão ligados a uma cultura que engloba diversos segmentos da sociedade. “Observamos o aumento na incidência de crimes de proximidade, isso representa 10% dos crimes ocorridos em nossa região. Entendemos que a educação familiar, escolar, religiosa são essenciais para que tantos crimes banais não aconteçam. A gente vê isso no trânsito, nas escolas... São fatores fúteis que não tem ação direta da polícia. É uma questão cultural e essa atitude extrema leva aos homicídios. Temos registros de pessoas que não gostaram da forma como outro olhou e fez a tentativa de homicídio”, destacou.

O Tenente Coronel ainda explica que, como esses crimes ocorrerem, geralmente, no ambiente domiciliar, dificulta a ação da polícia. “Analisando os últimos dez homicídios, apenas um foi com arma de fogo. [Teve] até mesmo homicídio com uso das mãos. Os casos são dentro de residências e com grau de proximidade. Então dificulta a ação da polícia porque [nas situações] as pessoas estão confraternizando, se estranham e acaba ocorrendo o crime”, destacou. 


Posto de saúde é invadido e furtado em Juazeiro

por Redação Nossa Voz 20 de Setembro de 2017 às 07:10
categoria: Violência

Criminosos invadiram e furtaram um posto de saúde, na madrugada desta terça-feira (19), na cidade de Juazeiro, no norte da Bahia. De acordo com informações de funcionários do posto, esta é a 14ª vez que o local é arrombado em cerca de dois anos. A unidade fica localizada no bairro Malhada da Areia.

Segundo os funcionários, na ação desta terça-feira, os criminosos conseguiram ter acesso ao interior do posto após quebrarem uma vidraça. Uma porta do posto também foi arrombada durante a invasão.

Conforme os funcionários, os criminosos levaram um butijão, algumas panelas, alimentos e outros objetos da unidade de saúde. Por causa do arrombamento, o atendimento no posto foi suspenso nesta terça. Ainda não há informações sobre autoria do crime. O caso foi registrado na Delegacia de Juazeiro, que vai investigar o caso. 

G1 BA


Presos homens que roubavam grades de praça em Petrolina

por Redação Nossa Voz 19 de Setembro de 2017 às 07:13
categoria: Violência

Bem diferente do nome, dois homens não foram nada amistosos com as grades da praça da Amizade que fica no bairro José e Maria, zona norte de Petrolina. José Ilson Silva Passos, de 38 anos, e Deusdetit Plínio Dias Neto, de 26, foram pegos em flagrante por um policial que passava pelo local por volta das 20h do último domingo (17) e que deu voz de prisão à dupla. Em seguida, equipes da Ronda Ostensiva Municipal (ROMU) da Guarda Civil Municipal foram acionadas e efetuaram a prisão dos dois. Eles disseram que estavam serrando as grades da praça para colocá-las numa casa de cachorro que haviam construído.

Tanto José Ilson quanto Deusdetit Plínio foram conduzidos até a Delegacia de Polícia Civil do bairro Ouro Preto, onde foram apresentados à autoridade policial para tomada das providências que o caso requer. Além das grades retiradas nesta última ação, outras seções do gradeamento da praça estão faltando. Elas vão ser recuperadas, em breve, pela Prefeitura.


Presidente do PR é assassinado em frente ao aeroporto de Petrolina

por Redação Nossa Voz 12 de Agosto de 2017 às 13:14
categoria: Violência

O presidente do Partido da República (PR) em Petrolina, Klebyo Bezerra Vieira, foi assassinado a tiros na madrugada deste sábado, dia 12, em frente ao aeroporto Senador Nilo Coelho, em Petrolina.

No momento da abordagem, ele estava com a filha de três anos dentro do carro aguardando a esposa dele que estava chegando de viagem. Ele foi atingido na cabeça e na cintura e morreu no local. O corpo foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) para realização dos procedimentos legais.


Senado aprova PEC que torna estupro crime imprescritível

por Redação Nossa Voz 10 de Agosto de 2017 às 07:28
categoria: Violência

 

O plenário do Senado aprovou hoje (9), em segundo turno, a proposta de emenda à Constituição que torna imprescritíveis os crimes de estupro. O texto, do senador Jorge Viana (PT-AC), foi aprovado por 61 votos favoráveis e nenhum contrário e segue agora para a Câmara dos Deputados.

Com isso, não haverá mais tempo mínimo para que as vítimas desse tipo de crime façam a denúncia à Justiça. Hoje, esse prazo é de 20 anos, após o qual, mesmo que a vítima denuncie, o autor do crime não pode mais responder por ele. A lei atual estabelece que o estupro é crime inafiançável e hediondo, o que agrava a pena e reduz o acesso a benefícios relacionados à execução penal.

Apesar das punições já mais duras, a relatora da matéria, senadora Simone Tebet (PMDB-MS), acredita que a retirada da prescrição será importante especialmente nos casos em que a vítima é criança e só tem condições de denunciar depois de adulta.

Além dos casos de menoes de idade e de situações em que o abuso ocorre dentro do ambiente familiar, há ainda casos em que as vítimas têm vergonha de denunciar porque sofrem preconceito a respeito do local em que estavam ou da roupa que estavam usando, na opinião da senadora.

"É esse lapso de tempo que fertiliza a impunidade, e é essa impunidade que se pretende combater, ao tornar o estupro, como o racismo, um crime imprescritível", afirmou a relatora.

Para o autor da proposta, a mudança vai ajudar a revelar casos mesmo após muitos anos. "Esta Proposta de Emenda a Constituição é uma resposta, é uma voz que vai se sobrepor ao silêncio que temos hoje desse quase meio milhão de crimes de estupro [por ano] que o Brasil vive e silencia", afirmou Jorge Viana.

Para o senador, a mudança constitucional "manda um recado duro para os estupradores que fazem do Brasil um país campeão de estupros, dizendo: 'olha, se você cometer um estupro, a qualquer momento você pagará por ele'".

Diário de PE


Explosão de banco assusta moradores na BA

por Redação Nossa Voz 7 de Agosto de 2017 às 13:57
categoria: Violência

A explosão de uma agência do Banco do Brasil assustou os moradores do município de Paripiranga, no Norte do estado, na madrugada desta segunda-feira (7). Segundo informações da Polícia Militar, cerca de 20 homens armados invadiram o local e explodiram os terminais.

O crime aconteceu por volta das 1h40, na Praça Ruy Barbosa. Ainda de acordo com a PM, policiais da 21ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM/ ) estão no local porque algumas dinamites não foram detonadas e por isso o local está isolado. O Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope) foi acionado para retirar os artefatos.

Segundo a polícia, o grupo fugiu levando uma quantia de dinheiro, que não foi divulgada. A lateral da agência ficou completamente destruída. "O lado esquerdo está todo destruído. Eles isolaram a área do banco, ainda tem polícia lá. Foi muito barulho na cidde, uma confusão muito grande", contou uma moradora.

Além das explosões, moradores ficaram assustados com os tiros ouvidos durante a madrugada. “Espatifaram o banco todo. Destruiram tudo. Foi acabação na cidade toda. Os tiros começaram umas 2 horas da manhã. Era um monte de barulho. Em mais de 40 anos que moro aqui nunca vi isso. Até um caminhão usaram para levar o cofre do banco. Parecia que o mundo estava acabando. Eu nunca ouvi tanto tiro assim na minha vida”, contou outra moradora da cidade.

Vizinha à agência, uma moradora ficou embaixo da cama com medo da explosão. "Eu estava dormindo quando começou os pipocos. Pensei que era bomba, mas quando olhei na janela vi um monte de homem armado atirando pra cima. Fiquei escondida embaixo da cama até 6h da manhã com medo", relatou. A polícia está fazendo buscas na região para tentar localizar os suspeitos. O CORREIO não conseguiu contato com a delegacia da cidade.

Em toda Bahia, de janeiro até agora foram contabilizados 47  pelo Sindicato dos Bancários. Foram 23 explosões, 11 arrombamentos, um assalto e 12 tentativas frustradas.

Correio24Horas


Caso confirmado latrocínio, assassinato de personal será primeiro caso do ano em Petrolina

por Redação Nossa Voz 7 de Agosto de 2017 às 08:56
categoria: Violência

Um crime brutal marcou o final de semana em Petrolina-PE. O personal trainer Cássio Eduardo Santos foi morto com um tiro no pescoço, no bairro Vila Eduardo, zona leste da cidade, depois de ser abordado por dois homens em uma moto. A suspeita é que o crime tenha sido latrocínio, e que os criminosos visavam subtrair o celular da vítima, mas, de acordo com o comando da Polícia Militar, as investigações não descartam outras possibilidades. Até o momento nenhum suspeito foi preso.

Caso as investigações confirmem o latrocínio, será o primeiro caso desta modalidade neste ano na cidade, como afirma o Comandante do 5º BPM, Tenente-coronel André Rodrigues. Em entrevista ao programa Nossa Voz, na manhã desta segunda-feira, dia 07, ele explicou que esse tipo de crime é uma modalidade nova em Petrolina, tendo em vista que o comum é o bandido evadir-se do local após a subtração de algum objeto da vítima. “Ele pode estar sob efeito de drogas ou é muita maldade”, disse.

De acordo com o comandante, a Polícia Militar faz um trabalho de prevenção na cidade. Segundo ele, somente neste final de semana, foram apreendidas duas armas brancas e realizados 29 encaminhamentos. “Mas os números ainda causam preocupação”, enalteceu. Segundo os dados da PM, em Petrolina, a violência aumentou em cerca de 10%. Por mais assustador que seja, o índice é ainda menor do que o do estado de Pernambuco, que teve aumento de cerca de 40% neste ano.

O comandante fez uma avaliação dos casos ocorridos na cidade e constatou que a maioria dos crimes acontecem no quarto turno, ou seja, entre as 18h e meia noite. Ele afirma que, neste horário, 100% do efetivo operante da PM está nas ruas atuando. Ele enaltece que, em Petrolina, a violência é considerada de Metrópole Urbana, tendo em vista que, somando-se o público flutuante da região, são mais de 500 mil pessoas. O efetivo da PM, atualmente, é de 545 policiais, sendo que este número está congelado há alguns anos, como destacou o comandante.

O tráfico de drogas é dos fatores que influenciam no aumento da criminalidade em Petrolina. De acordo com o comando da PM, o órgão tem feito um trabalho de combate e que toda a documentação é encaminhada para a Polícia Civil, depois para a Justiça e, por fim, é expedido um mandado de busca e apreensão para que a Policia Militar realize.

Atendimento – o 5º BPM possui uma Central de Atendimento, através do 190. Porém, ainda existem muitas reclamações da população sobre a precariedade do serviço. Para otimizar a comunicação, o órgão está, agora, com um número de whatsapp (87) 9 8814-7883 e também um número fixo (87) 3866-9740.